Estudantes criaram sutiã capaz de detectar câncer de mama em mulheres

Boletim Claro que é do Bem

Estudantes criaram sutiã capaz de detectar câncer de mama em mulheres

Publicado em: 10/05/2017

Jovens estudantes do México desenvolveram um protótipo de um sutiã “capaz de detectar câncer de mama em mulheres”.

Julian Rios Cantu, de 18 anos, foi o idealizador do projeto. Quando tinha 13 anos quase perdeu a mãe, devido ao diagnóstico tardio de tumor nos seios. 

Julian chamou outros três amigos para administrarem a empresa Higia Tchnologies, que recebeu US$ 20 mil para o desenvolvimento do produto comercialmente, além de ganharem o prêmio Global Student Entrepreneur Awards, premiação internacional para estudantes empreendedores.

O sutiã EVA – como é conhecido – terá uma função de alerta a determinadas mudanças corporais das mulheres. Atualmente sabe-se que os tumores podem aumentar a temperatura da pele, devido ao aumento do fluxo sanguíneo no local. Biossensores instalados no sutiã mediriam periodicamente a temperatura e enviariam informações para um aplicativo de celular, alertando o usuário caso registre alterações que possam preocupar. O tempo mínimo para o “diagnóstico” seria de 60 minutos.

Anna Perman, do instituto de pesquisa Cancer Research UK, elogia a iniciativa de Julian, mas ressalva a necessidade de testes rigorosos para chegar ao ponto de ser realmente benéfico aos pacientes “É ótimo ver jovens como Julian se envolvendo com ciência e tendo ideias que podem ajudar no diagnóstico, mas uma parte importante da ciência são os testes rigorosos para garantir que uma inovação realmente beneficiará os pacientes”.

Diagnosticar o câncer em estágio inicial aumenta significativamente as chances de sobreviver à doença, segundo Perman.

Com os incentivos e planejamentos futuros, a ideia de Julian é que sua empresa já comece a comercializar o sutiã até o fim de 2018.

 

Fonte: https://goo.gl/1ybGvq

Comentários