América

  1. Esporte
  2. América
  3. América abre 2x0, cede empate do Tolima e dá adeus à Libertadores
Imagem: Mourão Panda/América

América abre 2x0, cede empate do Tolima e dá adeus à Libertadores

Na última rodada, diante do Independiente Del Valle, o Coelho vai tentar se classificar para a Copa Sul-Americana.


Por Guilherme Souza

Em busca de mais uma classificação histórica na Libertadores, o América encarou o Tolima na noite desta quarta-feira, em Ibagué, na Colômbia. Com um primeiro tempo movimentado, as equipes empataram em 2x2. Marlon e Iago Maidana abriram a vantagem americana, mas Plata e Rangel deixaram tudo igual.

Com o resultado, o América está eliminado na Copa Libertadores. O Coelho ainda sonha com uma vaga na Copa Sul-Americana. Para isso, precisará terminar a fase de grupos na terceira colocação.   

O Coelho volta a campo no sábado, às 21h, no Independência, diante do Botafogo. O duelo é válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

AMÉRICA COMEÇA AVASSALADOR, MAS SOFRE APAGÃO ANTES DO INTERVALO

A partida começou da maneira que o América sonhava. Depois de uma pressão inicial do Tolima, o Coelho abriu o placar logo aos seis minutos. Após jogada de Henrique Almeida pela direita, a zaga rebateu, Aloísio cruzou para Marlon, que bateu no ângulo, sem chances para o goleiro.

Os donos da casa encurralaram o Coelho após o gol de Marlon. Aos sete, Michael Rangel marcou, mas a arbitragem assinalou toque de mão do atacante. Em seguida, após nova jogada de Rangel, Jailson evitou o empate.

O sufoco era grande com Plata e Rangel, mas a defesa americana se segurava da maneira que podia. Contudo, o alviverde foi mortal em um contra-ataque de Henrique Almeida aos vinte e cinco. O atacante foi derrubado e a arbitragem assinalou pênalti. Iago Maidana cobrou com maestria, deslocando o goleiro e ampliou.

Quando tudo parecia tranquilo para as pretensões do América, veio um verdadeiro apagão no fim do primeiro tempo.

Aos trinta e nove, Plata foi lançado e tocou na saída de Jailson para diminuir e colocar fogo no jogo. Três minutos depois, ainda com o Coelho se recuperando do golpe do primeiro gol, Marulanda cruzou na pequena área, onde estava o centroavante Michael Rangel, que só completou para o gol, deixando tudo igual antes do intervalo.

JOGO PEGA FOGO NO FIM

As equipes voltaram sem muita inspiração e pareciam satisfeitas com o resultado.

A primeira chance contundente do Tolima na segunda etapa, foi com Michael Rangel, aos dezoito, em um chute de fora da área, que acabou indo para fora.

O América, por sua vez, acordou no fim da partida, após as entradas dos garotos. O alviverde assustou aos quarenta e um, quando o garoto Kawê fez boa jogada na meia-lua, rolou para Gustavinho, que acertou o travessão de Domínguez. O time mineiro ainda ensaiou uma pressão, mas sem sucesso.

No fim, o América ainda levou um susto. Plata recebeu na área, dominou e bateu para fora, raspando a trave.

    

      

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais