América

  1. Esporte
  2. América
  3. América sofre virada para o Tolima e se complica na fase de grupos da Libertadores
Imagem: Mourão Panda/América

América sofre virada para o Tolima e se complica na fase de grupos da Libertadores

No apagar das luzes, o Coelho sofreu a virada por 3x2 no Independência.


Por Guilherme Souza

De virada, o Tolima derrotou o América no Independência, por 3x2, em partida válida pela terceira rodada do Grupo D da Libertadores. . O Coelho esteve em vantagem por duas vezes, mas permitiu a virada no último lance.

Pedrinho e Junior Hernández, contra, anotaram os gols do Coelho, enquanto Plata, duas vezes, e Quiñones fizeram para os visitantes.

O Coelho volta a campo no sábado (30), data do seu aniversário de 110 anos, pelo Campeonato Brasileiro. O América recebe o Athletico/PR no Independência, às 16h30.

AMÉRICA DOMINA O PRIMEIRO TEMPO

O América dominou as ações na primeira etapa. O alviverde buscou o gol o tempo todo e não foi ameaçado pela equipe colombiana.

Entretanto, o Coelho pecava no último passe e nas conclusões das jogadas.

As principais oportunidades vieram com Paulinho e Juninho. Primeiro, aos trinta e três, o atacante pegou de primeira pelo lado direito e o goleiro Domínguez caiu para defender. Em seguida, o capitão Juninho deu um chapéu no goleiro, bateu para o gol, mas o zagueiro salvou em cima da linha, evitando o gol americano.    

COELHO QUEBRA A RETRANCA COLOMBIANA, MAS DORME NO PONTO E SOFRE VIRADA

Logo no início da segunda etapa, o América transformou a superioridade em gol. Aos sete, Matheusinho tocou para Paulinho, que fez uma belíssima jogada pela ponta direita, entortou o marcador e bateu cruzado, achando Pedrinho na segunda trave, livre para empurrar para o gol.

O time comandado por Vagner Mancini acabou relaxando após abrir o placar. O Tolima incomodava e ensaiava o contragolpe.

Aos vinte, o time colombiano não perdoou. Em contra-ataque mortal, o meia Plata recebeu pela intermediária direita, carregou e bateu na saída de Jailson, deixando tudo igual.

Enquanto se recuperava do golpe do empate, o Coelho quase sofreu a virada. Após cabeçada para o meio da área, o atacante Gustavo Ramírez chutou para a defesa de Jailson.

O América se acalmou e voltou a ficar em vantagem em bela jogada de Índio Ramírez aos trinta e um. O americano invadiu a área, driblou dois e o lateral-esquerdo Junior Hernández desviou contra o próprio gol.

Mas  como tudo que é bom dura pouco, o Coelho voltou a dormir no ponto e permitiu um novo empate. Na reta final, após cobrança de escanteio, o jogador do Tolima cabeceou no travesão. Na sobra, houve uma nova cabeçada e o zagueiro Quiñones apareceu para completar para o gol, deixando tudo igual.

Depois do segundo gol, o Tolima passou a mandar no jogo. O América flertava com o perigo. No último lance, veio o castigo. Plata recebeu e bateu cruzado, a bola desviou no João Paulo e enganou Jailson, morrendo no fundo do gol americano.  

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais