América

  1. Esporte
  2. América
  3. Jailson decide, América vence o Barcelona nos pênaltis e garante vaga na fase de grupos da Libertadores
Imagem: Conmebol

Jailson decide, América vence o Barcelona nos pênaltis e garante vaga na fase de grupos da Libertadores

O sorteio acontecerá no dia 25 de março, em Luque, no Paraguai.


Por Guilherme Souza

Mais uma noite memorável para o torcedor americano! Barcelona e América se enfrentaram na noite desta terça-feira, em Guayaquil, na partida de volta da terceira fase da Copa Libertadores da América. Após um novo empate sem gols, brilhou a estrela de Jailson, que defendeu a cobrança de Quiñonez, e o América avançou após vencer por 5x4 na disputa por pênaltis.

Com o resultado, América avança para a fase de grupos. O sorteio acontecerá no dia 25 de março, na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai.

Sem chances de se classificar para a semifinal do Campeonato Mineiro, o Coelho cumpre tabela no sábado, no Independência, às 16h30, na última partida da fase classificatória do estadual, diante do Tombense.

JOGO ABERTO

 A partida começou quente no Equador. O Barcelona se lançou ao ataque e quase abriu o placar logo aos seis minutos. Após jogada aérea, a bola sobrou para Cortez, que bateu, mas a bola explodiu na defesa.

O América apostava nos contra-ataques buscando Wellington Paulista e em jogadas de bola parada. Aos dezoito, o artilheiro foi lançado, dominou e bateu de primeira. Burrai defendeu, mas o lance já era invalidado pelo assistente, que marcou impedimento.

Para conquistar o comando do jogo, o América trocava passes no meio-campo até chegar na área ofensiva. Em um lance rápido aos trinta e um, Pedrinho achou Wellington Paulista, que arriscou de fora da área e mandou perto do gol.

O time equatoriano respondeu na sequência, com uma finalização de fora da área, para excelente defesa de Jailson.

AMÉRICA CAUTELOSO NO INÍCIO E ‘AGREDINDO’ NO FIM

 Veio a segunda etapa e o Coelho optou por não arriscar tanto logo de cara. O alviverde preferiu dar uma esfriada no jogo.

Jailson salvou a equipe mineira em dois lances cruciais. Aos quinze, Martínez ganhou a dividida pelo alto com o Maidana, finalizou forte da entrada da área, mas o goleiro americano reagiu rápido e fez uma excelente defesa. No lance seguinte, Preciado ganhou a disputa e cruzou rasteiro. Jailson se antecipou e evitou que a bola chegasse ao atacante rival.

O Coelho foi ao ataque aos vinte e nove, quando Alê cabeceou sozinho e a bola passou rente à trave do time equatoriano.

Na reta final, mesmo com o América cansado fisicamente, Zé Ricardo, que entrou na segunda etapa, arriscou de longe e obrigou o goleiro Burrai a fazer uma defesaça para evitar o gol americano.

No último lance, Índio Ramirez recebeu pela direita, limpou e bateu para a defesa de Burrai.

JAILSON HERÓI TAMBÉM NAS PENALIDADES

Se no tempo normal, o paredão fez a diferença, na decisão por penalidades não foi diferente. O América converteu suas cinco cobranças com Wellington Paulista, Iago Maidana, Felipe Azevedo, Indio Ramírez e Juninho Valoura. Jailson defendeu a cobrança de Quiñónez no ângulo, classificando o Coelho para a fase de grupos da Libertadores. A disputa terminou 5x4 para o alviverde.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais