Carregando...

América

Imagem: Reprodução/98

Patric afirma: vamos brigar pela vaga na Sul-Americana

Nesta quarta-feira (1), Patric participou do programa Arena 98, e destacou vários pontos. A experiência que traz ao América, os objetivos do Coelho no Campeonato Brasileiro, a importância de Vagner Mancini ao elenco

Por Vinícius Silveira

Experiente, com passagens em vários clubes, dentre eles, os três grandes de Belo Horizonte, o lateral-direito Patric é um dos principais reforços do América para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro, e terminar a sina de o time chegar na elite do futebol nacional, mas logo depois retornar à Série B.

Nesta quarta-feira (1), Patric participou do programa Arena 98, e destacou vários pontos. A experiência que traz ao América, os objetivos do Coelho no Campeonato Brasileiro, a importância de Vagner Mancini ao elenco e muito mais.

Vaga na Sul-Americana

"O Vagner Mancini tinha propostas para outros lugares, e ele escolheu o América por saber do clube que tinha em mãos, da parte profissional e do grupo também. Cheguei falando e reafirmo que o Coelho vai brigar pela Sul-Americana. Tenho a receita do que a gente precisa fazer para chegar lá, e se for para ser cobrado, que seja por isso, e não para falar de rebaixamento".

Chegada ao América 

"Teve dois jogos que nós vencemos e fizemos mais faltas que o adversário. Parece besteira quando a gente fala isso, mas a realidade do futebol, porque muitas vezes freamos o ímpeto do adversário, e conciliar com colocar a bola na rede. Sei que estou chegando agora, tentando colocar as palavras certas para ajudar o elenco. Não sou nenhum salvador, porque trabalhamos em conjunto, tenho uma experiência, uma vivência boa. Por isso que eu friso uma parte que é a gestão que o América tem".

Análise do elenco e atuações no Brasileirão 

Tem o trabalho do ano passado, e que chegou muito longe. Mostrou muita coisa no cenário brasileiro e de visibilidade, porém, é uma característica completamente diferente, com muita agressividade. Desde que cheguei, estou no quinto aqui no América, nós não jogamos mal, entramos de igual para igual com qualquer equipe, diferente de outra equipe que estava e onde só nos defendíamos. O jogo contra o Ceará, marcamos muito, com linhas altas, só que estamos em um período de transição, reformulação, e só falta o detalhe, que é sair da zona de rebaixamento, e começar a figurar na Sul-Americana.

Confira a entrevista completa no site da 98



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais