Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Atlético e Palmeiras empatam no Allianz Parque
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Atlético e Palmeiras empatam no Allianz Parque

Palmeiras e Atlético ficaram com 16 pontos, ficando o time paulista em segundo lugar e o Galo em terceiro pelos critérios de desempate.


Por Vinicius Silveira

Atlético e Palmeiras empataram sem gols, no Allianz Parque, valendo pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times brigavam pela liderança do Brasileirão.

Com o resultado, o Campeonato Brasileiro tem como líder o Corinthians, com 18 pontos. Palmeiras e Atlético ficaram com 16 pontos, ficando o time paulista em segundo lugar e o Galo em terceiro pelos critérios de desempate.

Na próxima rodada, o Atlético segue jogando fora de casa. O adversário da vez é o Fluminense, às 21h30, no Maracanã.

Galo é intenso e leva perigo 

No primeiro tempo, o jogo foi de domínio territorial do Atlético. O Galo adiantou as linhas do campo para forçar o erro do Palmeiras na saída de bola. A estratégia alvinegra deu certo e aliado a intensidade dos jogadores, o time atleticano levou perigo em diversos momentos, além de ter maior posse de bola.

As melhores chances do Atlético foram de Eduardo Sasha, após uma bicicleta, que passou perto da trave de Marcelo Lomba. E também com Rubens, que apareceu livre no segundo poste, mas não finalizou com precisão.

O Palmeiras perdeu Raphael Veiga nos primeiros minutos, que saiu lesionado. Sem o camisa 23, o time alviverde demorou a encontrar a melhor saída ofensiva e escolheu o lado direito de ataque, com Dudu e Marcos Rocha, dificultando a saída de Rubens e Junior Alonso.

No final do primeiro tempo, o Palmeiras teve sua melhor chance com Rafael Navarro. Após passe errado de Alonso, Dudu serviu a Navarro, que finalizou para fora.

Jogo fica truncado e Palmeiras melhora 

Na etapa final, a partida ficou mais equilibrada uma vez que o jogo ficou truncado, com muitas faltas e reclamações dos dois lados. As chances ficaram escassas de parte a parte e muitos erros de passes.

Mesmo com a queda técnica, que apareceu melhor foi o Palmeiras, com as investidas de Dudu e Gustavo Scarpa caindo pela direita e Rony aberto pela esquerda. Contudo, as tentativas não levaram o goleiro Everson a fazer grandes intervenções.

Por sua vez, o Atlético não foi o mesmo do primeiro tempo, apostando muito na velocidade de Ademir pela direita e tornando o Galo previsível. Sem grandes chances de gol, o Palmeiras cresceu em campo, mas não também não confirmou a vitória. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais