Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Atlético goleia o Fortaleza e encaminha classificação para a final
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Atlético goleia o Fortaleza e encaminha classificação para a final

Com o resultado, o Com 4 a 0 no placar, o Atlético encaminhou a classificação para a final da Copa do Brasil. Para o Fortaleza reverter o quadro, precisará marcar cinco gols no Estádio Castelão


Por Vinícius Silveira

O Atlético encheu as redes do Fortaleza com gols no Mineirão. O Galo fez 4 a 0 no Leão do Pici, valendo pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. Guilherme Arana, Réver, Hulk e Matías Zaracho foram os autores do show alvinegro.

Com o resultado, o Atlético encaminhou a classificação para a final da Copa do Brasil. Para o Fortaleza reverter o quadro, precisará marcar cinco gols no Estádio Castelão, daqui a uma semana. Vitória por quatro gols de diferença levará a definição para os pênaltis.

Antes do segundo jogo contra o Fortaleza, o Atlético entrará em campo pelo Campeonato Brasileiro, diante do Cuiabá, domingo (24), às 16 horas, no Mineirão.

Show do Galo e com gols bonitos 

Ainda que o Fortaleza começasse o jogo encarando o Atlético de igual para igual, tal estratégia se revelaria muito prejudicial ao Leão do Pici. O Galo foi dono do primeiro tempo e não deu qualquer chance ao time cearense.

O Atlético encontrou suas melhores chances e o espaço para criar jogadas pelo lado esquerdo, com a qualidade de Guilherme Arana, Keno e Hulk. Não demorou muito e o Galo abriu o placar.

Após cobrança de falta que bateu na barreira, o lateral-esquerdo Guilherme Arana chutou forte. A bola desviou em Yago Pikachu e encobriu o goleiro Felipe Alves, que sequer esboçou defesa.

À frente no placar, o Fortaleza mostrou coragem ao encarar o Galo para correr atrás do prejuízo. Com isso, cedeu espaços e o ataque do Atlético era letal e chegou ao segundo gol. Após escanteio cobrado por Keno, Réver escorou de cabeça para ampliar o placar.

O Fortaleza adiantou suas linhas e cedeu espaço. O resultado foi o terceiro gol do Galo. Keno fez bela jogada, lançou Zaracho, e cruzou a bola que caiu na cabeça de Hulk, que só escorou para as redes. O resultado do primeiro tempo não poderia ter sido melhor.

Atlético faz mais um e adminstra o resultado

Se o técnico Juan Pablo Vojvoda pensou alguma estratégia para o segundo tempo, acabou caindo por terra com um minuto. Guilherme Arana cobrou falta e Felipe Alves tirou a bola de soco. Foi praticamente um passe para Matías Zaracho chutar de primeira e a bola encobrir o goleiro cearense.

No decorrer do segundo tempo, o Fortaleza correu atrás do prejuízo, mas não conseguia encontrar espaços e a marcação do Atlético estava muito bem ajustada. Estava mais fácil o Atlético marcar o quinto gol do que o Leão do Pici anotar o primeiro.

Até o final da partida, o Fortaleza se jogou ao ataque, buscou criar oportunidades, mas esbarrava na boa atuação da defesa atleticana. O Atlético reduziu o ritmo, administrando o resultado 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais