Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Atlético perde para o Corinthians de virada no Mineirão, mas apresenta melhora de desempenho em campo
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Atlético perde para o Corinthians de virada no Mineirão, mas apresenta melhora de desempenho em campo

O Galo abriu o placar com um belo gol de Keno no início do primeiro tempo, mas a equipe paulista virou na segunda etapa com 2 gols de Fábio Santos.


Por Thais Santos

O Atlético entrou em campo na noite deste domingo para enfrentar o Corinthians, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. A torcida lotou o Mineirão e o time correspondeu o apoio em campo apresentando um bom futebol no primeiro jogo após a demissão do técnico Turco Mohamed e o anúncio de Cuca. A equipe mandante abriu o placar, dominou as ações durante a maior parte da partida, mas o Corinthians acabou virando o jogo na segunda etapa com 2 gols de Fábio Santos. Com esse resultado, o alvinegro mineiro caiu uma posição na tabela, agora é o 4ª colocado com 32 pontos. 



Atlético apresenta superioridade e abre o placar com um belo gol de Keno


O Atlético dominou as ações no primeiro tempo e apresentou muito volume no sistema ofensivo deixando a equipe paulista acuada. O time comandado pelo auxiliar técnico Lucas Gonçalves, abriu o placar aos 8 minutos, a bola sobrou para Keno na entrada da área, o atacante fez o domínio e acabou acertando um belo chute no ângulo superior esquerdo do goleiro Carlos Miguel. Keno estava inspirado e quase marca um gol no mesmo estilo aos 18 minutos. O Atlético ainda teve mais uma boa oportunidade com Zaracho, no lance em que a bola acabou parando na defesa do goleiro corintiano. 


Lei do ex: Fábio Santos se destaca e vira o jogo para o Corinthians


No segundo tempo, o Galo manteve a intensidade nos minutos iniciais mesmo estando à frente do placar. Aos 20 da segunda etapa, Lucas Gonçalves promoveu as primeiras substituições na equipe alvinegra, Jair que fez uma grande partida saiu para a entrada de Otávio e o autor do gol, Keno, também saiu para a entrada de Pedrinho. Mas o técnico Vítor Pereira foi quem fez as alterações que surtiram efeito no jogo, com as entradas de Gustavo Mosquito, Roni e Giovane. Aos 34 minutos, Fábio Santos empatou de cabeça, após receber um cruzamento de Fagner pela direita. Aos 39 minutos o VAR sinalizou um pênalti de Júnior Alonso em Giovane e a penalidade foi cobrada por Fábio Santos que acertou um chute forte no canto direito de Everson.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais