Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. É campeão! Atlético vence o Athletico-PR e é bicampeão da Copa do Brasil
Imagem: Pedro Souza/Atlético

É campeão! Atlético vence o Athletico-PR e é bicampeão da Copa do Brasil

Os gols alvinegros foram anotados por Keno e Hulk. Jaderson fez o gol de honra do rubro-negro.


Por Vinícius Silveira

E o Atlético é o campeão da Copa do Brasil! O Galo venceu o Athletico-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada, e garantiu a conquista do torneio. Os gols alvinegros foram anotados por Keno e Hulk. Jaderson fez o gol de honra do rubro-negro.

O Atlético entrou em campo com a vantagem de perder por três gols de diferença, mas fechou a trajetória na competição com mais uma vitória. O Galo foi campeão com uma campanha incontestável. Fez dez jogos, com nove vitórias e apenas uma derrota.

O título da Copa do Brasil foi o terceiro do Galo na temporada, que já garantiu a conquista do bicampeonato brasileiro e também o Campeonato Mineiro, configurando na temporada mais bem sucedida da história do Clube Atlético Mineiro.

Jogo começa truncado, mas Galo abre o placar

Nos primeiros minutos, os dois times protagonizaram um jogo mais físico do que técnico. Demonstrando nervosismo, o Athletico ‘abriu a caixa de ferramentas’ e tentou jogadas mais violentas. Tentando não entrar na estratégia do adversário, o Atlético procurou responder, mas quando buscou jogar bola do que dar pancada, mostrou superioridade.

Jogadores bateram boca, a torcida deu uma inflamada, mas o jogo proposto pelo Athletico-PR não surtiu efeito. Mesmo assim, o Furacão chegou a abrir o placar com Pedro Rocha, mas a arbitragem anulou marcando um toque no braço do atacante rubro-negro.

A resposta do Atlético foi aos 24 minutos. No contra-ataque, Vargas puxou a jogada, serviu a Zaracho na direita, e passou a Keno, livre, só para empurrar a bola para as redes e abrir o placar. O Galo agora tem cinco gols no placar agregado.

O gol do Galo diminuiu a resistência do Athletico-PR, que deixou o jogo mais físico e buscou o ataque. Já o Atlético tinha o contra-ataque a seu serviço, mas não aproveitou as oportunidades.

Hulk faz golaço e fecha a conta do título 

Na etapa final, o jogo foi bem adminstrado pelo Atlético, que mostrou qualidade em todos os setores do campo, e quando o Athletico-PR buscou o jogo, o Galo não enfrentou maiores problemas.

O Athletico-PR tentou dar uma satisfação ao seu torcedor e até chegou a balançar as redes, mas novamente a arbitragem pegou uma irregularidade no ataque rubro-negro, desta vez, do atacante Vinícius Mingotti.

Com o contra-ataque a disposição, o Atlético aguardou o momento exato para dar sacramentar o bicampeonato. E coube a Hulk o dono do gol do título. Savarino deu ótimo passe para Hulk, que recebeu frente a Santos, e mandou por cima do goleiro rubro-negro.

Com o título confirmado do Galo, o Athletico-PR não deixou de lutar e ainda marcou o gol de honra. Abner fez ótimo cruzamento para Jaderson, que escorou de cabeça para as redes de Everson, e deu números finais ao jogo.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais