Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. "É um lance interpretativo", diz Juliano Lopes Lobato sobre pênalti em Hulk
Imagem: Reprodução/98 Live

"É um lance interpretativo", diz Juliano Lopes Lobato sobre pênalti em Hulk

O presidente da comissão de arbitragem da Federação Mineira de Futebol falou sobre a arbitragem do clássico entre Atlético e Cruzeiro


Por Guilherme Souza

Após o pênalti polêmico assinalado em favor do Atlético no clássico deste domingo, Juliano Lopes Lobato, presidente da comissão de arbitragem da Federação Mineira de Futebol foi o convidado do 98 Esportes. Juliano comentou sobre o lance que originou o gol de empate do alvinegro, e detalhou o planejamento para que o VAR seja utilizado também na fase classificatória do estadual.

Até a marcação daquele pênalti, a arbitragem do Igor, do modo de ver da comissão de arbitragem, estava quase perfeita. Ele estava administrando muito bem a partida, já havia aplicado cartões, corretamente, muito próximo do lance. Após a marcação, houve questionamentos por parte de algumas pessoas em relação à penalidade máxima, que é um lance muito difícil, que é um lance ajustado, e que nem se tivesse VAR, o VAR poderia entrar. O VAR entra em lances que não são interpretativos, e ali é um lance de interpretação, afirmou Juliano.

Sobre a possibilidade de ter arbitragem de fora na final única, Juliano reforçou a confiança nos árbitros mineiros e disse que a ideia é que a ‘arbitragem mineira vá até o fim’.

Questionado sobre a utilização do VAR na primeira fase do Campeonato Mineiro, Juliano revelou qual o planejamento da entidade.

Existem campos que ainda não têm condições técnicas e físicas para receber o VAR, mas a Federação está lutando e tentando, para que no próximo ano se coloque VAR nos seis jogos do Campeonato Mineiro, afirmou.

Veja a entrevista completa


Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais