Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Em noite apagada, Atlético perde para o Flamengo no Maracanã
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Em noite apagada, Atlético perde para o Flamengo no Maracanã

O gol da partida foi anotado por Michael na primeira etapa.


Por Guilherme Souza

Flamengo e Atlético fizeram o principal jogo do Campeonato Brasileiro da Série A de 2021. Na maior rivalidade interestadual, o rubro-negro carioca recebeu o Galo no Maracanã. Com um gol de Michael na primeira etapa, o time carioca venceu por 1x0.

Com o resultado, o Flamengo chegou a 49 pontos e assumiu a vice-liderança. O Atlético é líder com 59.

Na próxima quarta-feira, o Atlético recebe o Grêmio, às 21h, no Mineirão, em partida adiada da 19ª rodada. O Flamengo visita o Athletico/PR na terça-feira (2), às 16h, na Arena da Baixada, em jogo adiado da 4ª rodada.  

ARMA DE RENATO DEFINE VANTAGEM

O jogo começou com os nervosos à flor da pele. As duas equipes cometiam muitas faltas e o jogo era parado de forma recorrente. A primeira chegada foi do Atlético. Aos treze, Nacho levantou na área e Keno chutou, mas a bola bateu na zaga e foi para escanteio. Na cobrança, Alonso subiu junto com a defesa e a bola explodiu no travessão.

O Atlético sofria pelo lado direito. O Flamengo concentrava suas ações por ali, explorando as descidas de Guga. No entanto, o gol rubro-negro saiu em jogada construída após uma brecha deixada por Arana. Aos vinte e quatro, Arão lançou Isla na direita, o lateral jogou a bola na área para Bruno Henrique, que ganhou no alto e deixou a bola livre para Michel tocar na saída de Everson e abrir o placar.

Depois do gol sofrido, o Galo passou a buscar o ataque com mais atite. O alvinegro buscava a construção de jogadas com Jair e Zaracho, em função da partida discreta que fazia Nacho.

A principal oportunidade do empate veio nos acréscimos. Após sobra, Guga soltou a bomba e mandou muito perto do gol de Diego Alves.   

CUCA MEXE NO TIME, MAS RESULTADO NÃO VEM

No início do segundo tempo, Cuca promoveu a saída de Guga para a entrada de Diego Costa, deslocando Zaracho para o lado direito da defesa atleticana. Com a entrada do atacante, o Atlético passou a ter uma referência a mais na área.

Nos primeiros minutos, Michael finalizou com perigo e Everson fez boa defesa. A resposta veio com um perigo maior. Diego Costa entregou para Jair, que cruzou na cabeça de Arana; o lateral mandou no travessão, com Diego Alves batido.

Aos quinze, Cuca mandou a equipe ainda mais para o ataque. Saíram Zaracho, Nacho e Keno, para as entradas de Mariano para recompor a saída de Guga, Savarino no lugar de Nacho, e Vargas na vaga de Keno.

As modificações não surtiram efeito. O jogo ficou congestionado no meio-campo, com poucas chances para ambos os lados. A única chance atleticana foi aos trinta e cinco, quando Diego Costa cabeceou no canto direito para a defesa tranquila de Diego Alves.


PÚBLICO E RENDA DA PARTIDA

Um Público pagante de  23.594 pessoas e um Público presente de 24.696 pessoas. A Renda foi de R$ 1.323.560,00.

 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais