Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Em noite de Hulk, Atlético vence o Flamengo e abre vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Em noite de Hulk, Atlético vence o Flamengo e abre vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil

A segunda partida está marcada para o dia 13 de julho, no Maracanã.


Por Guilherme Souza

Atlético e Flamengo voltaram a se encontrar nesta quarta-feira, desta feita em duelo válido pela Copa do Brasil, o primeiro confronto das oitavas de final. Com gols de Hulk e Ademir, o Galo venceu por 2x1. Lázaro fez o gol do Flamengo.

A segunda partida acontecerá no dia 13 de julho, quarta-feira, às 21h30, no Maracanã. Para se classificar, o Atlético precisa de um empate no jogo da volta.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Galo volta a campo no próximo sábado, às 21h, diante do Fortaleza no Mineirão.

GOL NO INÍCIO DESMONTA O FLAMENGO

O início da partida foi com o roteiro que todo atleticano sonhava. Logo aos seis minutos de partida, no primeiro lance de perigo, Mariano lançou em profundidade pela direita buscando Hulk, que viu Diego Alves saindo do gol e tocou por cobertura, marcando um belo gol no Mineirão.

Depois do início arrasador, o Atlético diminuiu o ritmo e o Flamengo cresceu no jogo. O rubro-negro chegou a incomodar por duas vezes com Andreas Pereira. Aos onze, o meia arriscou e Everson espalmou para escanteio. Aos vinte, Andreas chutou novamente e a bola desviou, levando perigo ao gol atleticano.

O Galo conseguiu responder aos vinte e três, quando Hulk tentou surpreender Diego Alves, mas acabou tirando muito do gol.

Aos trinta e um, o Atlético perdeu um de seus principais jogadores. O atacante Keno sentiu após puxar um contra-ataque rápido pelo lado esquerdo. O jogador foi substituído imediatamente, dando lugar a Ademir.

O jogo esquentou antes do fim do primeiro tempo. Andreas Pereira e Pablo foram amarelados por faltas em Nacho e Hulk, respectivamente.

GALO INTELIGENTE COM A BOLA; FLAMENGO DIMINUI O PREJUÍZO

Assim como na primeira etapa, o Atlético começou o segundo tempo avassalador. Logo aos nove minutos, Hulk recebeu pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Ademir, que só cabeceou, tirando de Diego e anotando o segundo gol alvinegro.

O gol deu tranquilidade ao Atlético, que passou a ser bastante inteligente com a posse de bola, entregando a redonda para o adversário e esperando o erro para, enfim, descer ao ataque.  

Entretanto, o Flamengo passou a gostar do jogo na metade do segundo tempo. O time carioca ganhou o meio-campo e se ganhava território no ataque.

Aos vinte e três, Nacho apareceu na área, chutando de primeira e obrigando Diego Alves a realizar excelente defesa. Seis minutos depois, foi a vez de Allan, que bateu da entrada da área, aproveitando o rebote, mas parou no goleiro flamenguista novamente.

Aos trinta e quatro, em um raro momento de desatenção da defesa atleticana, Rodinei foi na linha de fundo, cruzou no segundo pau, onde estava Lázaro. O garoto bateu de primeira e a bola ainda resvalou na perna de Everson antes de ir para o fundo das redes. As mudanças de Dorival deram resultado.

Nos minutos finais, Calebe ainda perdeu grande chance de ampliar a vitória atleticana. O meia recebeu de Hulk e acertou a trave de Diego Alves.

PÚBLICO E RENDA

Público de 53.953 torcedores e Renda de R$2.113.078,00 no Mineirão.


 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais