Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Flamengo derrota o Atlético e elimina o Galo da Copa do Brasil
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Flamengo derrota o Atlético e elimina o Galo da Copa do Brasil

O Flamengo venceu o Galo, por 2 a 0, no Maracanã, e garantiu vaga nas quartas de final. Arrascaeta, duas vezes, marcou os gols rubro-negros.


Por Vinícius Silveira

O Atlético está eliminado da Copa do Brasil. O Flamengo venceu o Galo, por 2 a 0, no Maracanã, e garantiu vaga nas quartas de final. Arrascaeta, duas vezes, marcou os gols rubro-negros.

O foco do Atlético passa a ser o Campeonato Brasileiro e a Libertadores. No próximo final de semana, o Galo vai enfrentar o Botafogo, no Nilton Santos, domingo (17), às 18 horas.

Flamengo é mais eficiente 

No primeiro tempo, o Flamengo teve mais iniciativa e procurou o ataque de forma incessante. O time rubro-negro apostava no talento de Arrascaeta e Everton Ribeiro, além das descidas de Rodinei e Filipe Luís. Por sua vez, o Atlético mostrou uma postura defensiva, aguardando alguma falha da equipe carioca para tentar o contra-ataque.

Com a bola, o Flamengo mostrou mais vontade, brigou por cada jogada e levou vantagem em quase todos os lances. Everson fez ao menos duas ótimas defesas. Já o goleiro Santos não trabalhou, pois defensivamente, o rubro-negro teve boa performance.

Pressionando desde o começo do jogo, o Flamengo era merecedor do primeiro gol, mas ele só aconteceu nos minutos finais da etapa inicial. Pedro ganhou o lance e serviu a Arrascaeta, que finalizou na saída de Everson e abriu o placar.

Galo começa bem, mas Flamengo retoma o controle 

Na etapa final, o enredo foi o mesmo do primeiro tempo. Embora o Atlético iniciasse com mais vontade, o Flamengo recuperou o controle do jogo ainda nos minutos iniciais.

Efetivo em todos os setores, o Flamengo não demorou a incomodar o goleiro Everson e a defesa atleticana, que passou por muitas dificuldades. Sem exigir defesas do goleiro Santos, quem ampliou o placar foi o rubro-negro. Após falta cobrada, Pedro desviou na primeira trave, e Arrascaeta completou de cabeça. O arqueiro atleticano ainda defendeu, mas com ajuda do VAR, a arbitragem confirmou o gol.

Após levar o segundo gol, o Atlético resolveu tomar a iniciativa, atacou incessantemente, mas errou passes, finalizou sem assustar ao goleiro Santos, enquanto o Flamengo tinha o contra-ataque a sua disposição. Contudo, o rubro-negro não aproveitou as chances que teve com Gabriel, Marinho e Rodinei. Ao final, o time carioca comemorou a classificação. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais