Carregando...

Atlético

Imagem: Pedro Souza/Atlético

Saída de Cuca do Atlético: bastidores e cotados para a vaga

O treinador atleticano alegou problemas pessoais para deixar o comando da equipe alvinegra

Por João Henrique do Vale, Igor Assunção e Vinícius Silveira

Os torcedores do Atlético foram surpreendidos, no fim da noite dessa segunda-feira, com a notícia da saída do técnico Cuca, considerado por muitos o maior treinador da história do clube. Ele alega problemas pessoais. A cúpula da equipe alvinegra já tinha sido informada das intenções do treinador, e tentava convencê-lo a ficar, mas sem sucesso. Nomes de substitutos já estão na mesa. 

A informação sobre a saída do treinador Cuca do Atlético foi divulgada na noite dessa segunda-feira pela Rádio Itatiaia. Fontes ouvidas pela Rede 98 afirmam o técnico já tinha externado a sua intenção de deixar o clube ainda em Curitiba, logo após a conquista do Bicampeonato da Copa do Brasil. Já de volta a Belo Horizonte, Cuca também conversou com amigos próximos e indicou sua saída. 

O treinador alega problemas pessoais. Cuca pretende cuidar da saúde e indicou ao presidente Sérgio Coelho e aos principais investidores do clube, Rubens e Rafael Menin, Ricardo Guimarães e Renato Salvador, que não pretende assumir nenhum time em 2022.

Nos bastidores, pessoas ligadas ao treinador também indicam que ele estava receoso com o tratamento nos vestiários do Atlético em 2022. Como é um ano de véspera de inauguração do novo estádio, a pressão por títulos ainda maiores aumentariam, na visão de Cuca. 

Nesta última trajetória à frente da equipe alvinegra, Cuca tem números expressivos. Foram 48 vitórias, 14 empates e apenas 9 derrotas em 71 apresentações. Além do Triplete, o clube foi semifinalista da Copa Libertadores. O aproveitamento é de 74,17%.

Nomes na mira 

A corrida por um treinador que possa substituir Cuca já começou, antes mesmo da notícia da saída vazar. Três nomes estão na mesa da diretoria atleticana: Jorge Jesus, que anunciou sua saída do Benfica na manhã desta terça-feira, Renato Gaúcho, que está sem clube, e Odair Hellman, que está no Emirados Árabes à frente do Al-Wasl FC.

Jorge Jesus é um dos favoritos. O Benfica tem um jogo importante contra o Porto, pela Taça de Portugal, no dia 30, mas JJ não esperou esta partida e pediu a saída do clube português. O "Mister" sequer comandou o treino da equipe nesta terça-feira (28), sendo chamado as pressas Nelson Veríssimo, do Benfica B para assumir as atividades de hoje.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais