Atlético

  1. Esporte
  2. Atlético
  3. Vale o título! Atlético e Cruzeiro se enfrentam pela finalíssima do Campeonato Mineiro
Imagem: Pedro Souza/Atlético

Vale o título! Atlético e Cruzeiro se enfrentam pela finalíssima do Campeonato Mineiro

Como o mando de campo é da Federação Mineira de Futebol, em caso de empate, a decisão do título será nas cobranças de pênaltis.


Por Vinícius Silveira

Atlético e Cruzeiro decidirão o Campeonato Mineiro neste sábado (2), às 16h30, no Estádio Mineirão. Como o mando de campo é da Federação Mineira de Futebol, em caso de empate, a decisão do título será nas cobranças de pênaltis.

O Atlético vai em busca do tricampeonato mineiro, sequência que não é conquistada pelo clube desde 1980. Já o Cruzeiro voltou à decisão estadual após três anos, e na última vez que disputou, foi campeão em cima do arquirrival.

Mohamed leva dúvidas para o vestiário

Para o jogo de amanhã, o técnico Antônio Mohamed tem todos os titulares a disposição, não apenas aqueles que estavam treinando normalmente, como também os atletas que estavam servindo as seleções nacionais.

Contudo, Mohamed tem dúvidas na escalação da equipe, a começar pela defesa. A formatação defensiva conta com quatro jogadores para duas posições. Nathan Silva tem boas chances de ser titular, mas a dúvida é que será o companheiro no setor, podendo ser Réver, Godín ou Junior Alonso.

No meio-campo, a dúvida seria na formatação do setor, se será com três ou quatro jogadores. Em caso de uma formação 4-4-2, Nacho será o meia pela esquerda e Zaracho atuará pela direita.

Caso utilize três atacantes, Zaracho, Ademir, Vargas e Keno disputam uma das vagas para atuar com Hulk.

Pezzolano pode utilizar até três atacantes 

Pelo lado cruzeirense, a grande novidade é a presença do técnico Paulo Pezzolano, que vai para o jogo após o clube conseguir o efeito suspensivo depois de o treinador sofrer quatro jogos de suspensão.

Dentro de campo, a grande dúvida do treinador é quanto a utilização de um esquema com quatro jogadores no meio-campo e ou três atacantes.

Caso queira usar quatro jogadores no meio-campo, a formação pode ter Willian Oliveira, Canesin, Pedro Castro e João Paulo, com Vitor Roque e Edu no ataque.

Em caso da utilização de três atacantes, Pezzolano pode tirar Pedro Castro e escalar Waguininho, com Vitor Roque e Edu.

Escalações

Atlético: Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver (Junior Alonso) e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández (Ademir); Keno e Hulk. Técnico: Antônio Mohamed

Cruzeiro: Rafael Cabral; Rômulo, Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Fernando Canesin, Pedro Castro (Waguininho) e João Paulo; Vitor Roque e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano.

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima apita o jogo. Guilherme Dias Camilo e Celso Luiz da Silva são os auxiliares. Emerson de Almeida Ferreira é o Árbitro de Vídeo. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais