Carregando...

Atlético

Imagem: Pedro Souza/Atlético

Valendo a liderança, Atlético e Palmeiras se enfrentam no Mineirão

O jogo vale a permanência na liderança do Brasileirão pelo Atlético, e para o alviverde, a retomada da ponta da tabela.

Por Vinícius Silveira

Neste sábado, o Atlético receberá o Palmeiras, no Estádio Mineirão, às 19 horas, valendo pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo vale a permanência na liderança do Brasileirão pelo Galo, e para o alviverde, a retomada da ponta da tabela.

O Atlético chegou à liderança do Brasileirão após vencer o Juventude, e chegou aos 34 pontos. O Palmeiras perdeu o primeiro lugar após perder para o Fortaleza, em casa, por 3 a 2.

Cuca leva dúvida para o vestiário

O Atlético ficou boa parte do campeonato próximo dos primeiros lugares, mas não atingiu tão alto quanto a semana passada. A vitória sobre Juventude levou o Galo para a liderança do Brasileirão, posição que o alvinegro ainda não tinha chegado. Para não perder a condição de líder para um forte candidato ao título nacional, o Palmeiras, o time atleticano precisa no mínimo de um empate.

Para o jogo de amanhã, não está descartado um time alternativo por parte do técnico Cuca, por conta do jogo de volta contra o River Plate, pela Libertadores. Contudo, a importância do jogo pode fazer o treinador atleticano colocar força máxima ou alterar a formação titular o menos possível.

Abel Ferreira tem desfalques e faz mistério

Já o Palmeiras encontra-se em situação idêntica à do Atlético. O alviverde está nas quartas de final da Copa Libertadores da América contra o São Paulo, e o técnico Abel Ferreira também faz mistério quanto ao time que entrará em campo contra o Galo.

Os desfalques ficam por conta do zagueiro Renan e do lateral-esquerdo Victor Luis, suspensos. Piquerez, recém contratado, deve estrear. Com o uruguaio, Abel Ferreira pode escolher manter a formação que entrou contra o São Paulo, pela Libertadores. Caso contrário, jogadores ausentes contra o tricolor podem ganhar uma chance

Escalações

Atlético: Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê e Nacho Fernández; Savarino (Zaracho), Hulk e Vargas. Técnico: Cuca

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gomez e Piquerez; Danilo, Zé Rafael, Rony, Rafael Veiga e Dudu; Breno Lopes. Técnico: Abel Ferreira

Arbitragem: Bruno Arleu de Araujo apita o jogo. Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha são os auxiliares. Rodrigo Nunes de Sá é o Árbitro de Vídeo. Todos do Rio de Janeiro

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais