Cruzeiro

  1. Esporte
  2. Cruzeiro
  3. Cenário econômico do Cruzeiro pode determinar saída de Maicon da Toca
Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Cenário econômico do Cruzeiro pode determinar saída de Maicon da Toca

Para permanecer, além de recusar a proposta do Santos, o jogador precisaria aceitar a redução salarial.


Por Thais Santos/Adroaldo Leal

O zagueiro Maicon não foi relacionado para a estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil, contra o Sergipe, na próxima quarta-feira. O jogador já não tinha ido para o jogo de ontem contra o Villa Nova, pelo Campeonato Mineiro, gerando uma série de especulações sobre sua saída do clube.

De acordo com apuração da Rede 98, o ponto principal para a definição da situação do zagueiro no Cruzeiro, é o cenário econômico atual, que inviabiliza a permanência de Maicon, que ganha hoje um salário acima do teto fixado pela atual gestão. O zagueiro foi anunciado pela Raposa no final de novembro, na época, o clube ainda não havia feito a transição para a SAF e o negócio foi costurado pelo diretor de futebol, Alexandre Mattos.

Sendo assim, será muito difícil a permanência de Maicon no Cruzeiro, afinal, existe o interesse do Santos que pode formalizar a qualquer momento a proposta para contar com o atleta.

Outro aspecto que deve ser levado em conta, é que para permanecer, o jogador precisaria aceitar fazer um novo contrato no qual receberia um salário menor, dentro do teto estabelecido pela gestão da SAF. Pelo que foi apurado pela equipe da Rede 98, não existe nenhum mal-estar entre as partes e a única motivação para a saída do jogador seria exclusivamente a realidade financeira do clube.

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais