Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Twitter/Mineirão

Clubes da Série B podem tentar a cassar a liberação de público em jogo do Cruzeiro

Clubes da Série B vão se reunir hoje para decidir se irão tentar cassar a liminar que permite público nos jogos do Cruzeiro.

Por Vinícius Silveira e Adroaldo Leal

A liberação do público hoje à noite no Mineirão tem causado um mal estar entre os outros 19 clubes da Série B. O Cruzeiro recebe o Confiança, às 21h30, valendo pela 20ª rodada do Brasileirão, sendo este o primeiro jogo com torcida no torneio.

Em conversa com o presidente do CSARafael TenórioAdroaldo Leal, repórter da Rede 98, obteve a informação de que haverá uma reunião com o presidente da Associação dos Clubes da Série B, na qual irão tomar uma decisão se irão ou não tentar cassar a liminar obtida pelo Cruzeiro para ter a sua torcida hoje à noite no Mineirão.

Por sua vez, Francisco Batistotti, presidente do Avaí e da Associação dos Clubes da Série B, falou com a reportagem da 98, e disse que o posicionamento da organização é que seja cumprido o que está acordado no Conselho Arbitral. 

Tem que ser cumprido o Conselho Arbitral. O Cruzeiro participou do conselho quando ficou decidido que o público voltaria com todos os clubes em condições. O Conselho Arbitral está lá, e nossa posição é bem clara. O Conselho Arbitral tem que ser cumprido”.

Ainda de acordo com Batistotti, a Associação dos Clubes da Série B irá emitir nota de repúdio sobre a liberação de público na partida entre Cruzeiro e Confiança. O clube celeste já fez a comercialização dos ingressos, devendo o Estádio Mineirão receber a carga máxima de 30% dos torcedores previstos no protocolo sanitário da Prefeitura de Belo Horizonte, cerca de 17 mil torcedores.

Confira nota oficial da Associação Nacional de Clubes de Futebol

"A Associação Nacional de Clubes de Futebol (ANCF), neste ato representando seus clubes filiados que estão disputando o campeonato brasileiro da série B de 2021, vêm por meio deste ofício manifestar repúdio e pedir manifestação desta Confederação junto ao STJD visando invalidar a medida inominada na qual proferiu-se por decisão liminar o retorno de público aos jogos do Esporte Clube Cruzeiro.

Salientamos que no congresso técnico da competição, no qual o citado clube estava representado, decidiu-se por unanimidade que o retorno de público aos estádios só aconteceria quando da liberação pelas entidades de saúde responsáveis em todos os estados/municípios onde ocorrem jogos desta competição; e tão somente após nova decisão do próprio congresso técnico da competição.

Não seria necessário, mas cabe lembrar que o retorno de público da forma como está propondo a decisão liminar para os jogos do Esporte Clube Cruzeiro causam enorme prejuízo ao equilíbrio técnico e financeiro da competição, pois ao DESRESPEITAR a decisão do congresso técnico o clube favorecido por esta decisão passará a contar com condições desiguais aos seus 19 concorrentes na disputa do campeonato.

Desta forma, visando não somente resguardar as decisões tomadas em congresso técnico da competição, mas também, e principalmente, manter a igualdade de condições e o respeito aos demais clubes que disputam o campeonato brasileiro da série B neste ano, solicitamos que esta confederação:

1) Tome todas as medidas necessárias para evitar que quaisquer jogo do campeonato contrarie decisões tomadas no congresso técnico;

2) Em nome do respeito aos 19 clubes que disputam o campeonato brasileiro da série B de 2021, suspenda a realização do jogo nº 194 visando manutenção do equilíbrio técnico da competição.

Pedimos complementarmente que seja marcado novo congresso técnico para reavaliar a questão da presença de público nos jogos, bem como que nos seja informado com a máxima urgência todas as medidas adotadas por esta Confederação para atender as solicitações dos clubes registradas neste ofício. Avenida Mauro Ramos, 1970 – Sala 807 Centro / Florianópolis / SC – CEP: 88.020-304 Colocamo-nos a disposição para atuar de maneira a manter o equilíbrio e moral da competição e estamos confiantes que seremos atendidos neste pleito". 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais