Cruzeiro

  1. Esporte
  2. Cruzeiro
  3. Com direito a golaço de Edu, Cruzeiro vence o CRB e amplia vantagem na ponta da tabela
Imagem: Staff Images / Cruzeiro

Com direito a golaço de Edu, Cruzeiro vence o CRB e amplia vantagem na ponta da tabela

O time celeste atingiu a marca de oito vitórias consecutivas na Série B do Campeonato Brasileiro.


Por Guilherme Souza

Em busca da oitava vitória consecutiva na Série B, o líder Cruzeiro recebeu o CRB na noite desta quarta-feira, no Mineirão. Com gols de Edu e Rafa Silva, a Raposa venceu por 2x0.Com o resultado, o Cruzeiro atingiu 28 pontos, sete a mais que o Vasco, segundo colocado. O time celeste chegou a oito vitórias consecutivas na Série B.

O Cruzeiro volta a campo no domingo, às 16h, diante do Vasco, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

CRUZEIRO MORTAL

Na primeira etapa, o Cruzeiro tentava furar o bloqueio alagoano. Bem postado defensivamente, o CRB tentava chegar em contra-ataques, acionando o centroavante Anselmo Ramon. Aos quatro minutos, o atacante roubou a bola e finalizou pra fora, levando perigo.

Se estava difícil entrar tocando na área, o time celeste optou por arriscar de longe. Eduardo Brock soltou a bomba aos quatorze e Diogo Silva espalmou, evitando o primeiro gol. 

Aos vinte e nove, foi a vez de Neto Moura, que bateu da entrada da área, forçando uma defesa de segurança de Diogo, mandando para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio do próprio Neto Moura, Edu acertou um voleio, marcando um verdadeiro golaço no Mineirão.

Enquanto o CRB ainda se recuperava do golpe, dois minutos depois, em contra-ataque mortal da Raposa, Neto Moura achou Rafa Silva pelo lado esquerdo. O centroavante bateu cruzado, tirando do alcance de Diogo Silva e construindo uma excelente vantagem ainda no primeiro tempo.

CRUZEIRO ADMINISTRA VANTAGEM

No início da segunda etapa, o CRB tentou voltar para o jogo. Aos dez, Richard recebeu de Yago na estrada da área, bateu para o gol e a bola passou raspando.

Em seguida, Gabriel Conceição também mandou uma pancada, assustando a meta celeste, mas já era marcado o impedimento.

Perto da metade do segundo tempo, Zé Ivaldo mandou a bomba de longe e Diogo Silva se virou para defender. Quase o terceiro do Cruzeiro.

Com Eduardo Brock suspenso para o duelo com o Vasco, Paulo Pezzolano aproveitou o restante do jogo para dar ritmo de jogo ao jovem Geovane Jesus. Aos trinta e dois, as coisas ficaram mais tranquilas para os donos da casa. O zagueiro Wellington Carvalho fez falta dura em Luvannor, recebeu o segundo amarelo e deixou o Galo Alagoano com um a menos.

No último lance da partida, Fernando Canesin ainda recebeu um belíssimo passe na entrada da área e finalizou pra fora.

 

 

 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais