Cruzeiro

  1. Esporte
  2. Cruzeiro
  3. Cruzeiro derrota o Tombense no Mineirão
Imagem: Staff Images

Cruzeiro derrota o Tombense no Mineirão

Com o resultado, o Cruzeiro segue líder, com 49 pontos, nove a mais que o vice-líder Bahia, e 16 pontos a mais que o quinto colocado, Londrina.


Por Vinícius Silveira

O Cruzeiro venceu o Tombense, por 2 a 0, jogando no Estádio Mineirão. Os gols celestes foram anotados por Bruno Rodrigues e Daniel Junior.

Com o resultado, o Cruzeiro segue líder, com 49 pontos, nove a mais que o vice-líder Bahia, e 16 pontos a mais que o quinto colocado, Londrina.

Cruzeiro domina e cria chances 

No primeiro tempo, o jogo foi de um time só. O Cruzeiro dominou as ações da partida, com maior posse de bola, controle do jogo e finalizações ao gol do goleiro Felipe Garcia. Por sua vez, o Tombense não conseguiu ter a partida em suas mãos em momento algum e foi mero espectador.

Bruno Rodrigues e Chay foram acionados com frequência e Luvannor fez o papel de centroavante, que deveria ser de Edu. O artilheiro do time na temporada iniciou a partida no banco de reservas. Além do setor ofensivo, o Cruzeiro jogou com os tradicionais três zagueiros que foram escalados durante quase toda a Série B. No decorrer da partida, Zé Ivaldo e Neto Moura também finalizaram ao gol.

Time celeste confirma a vitória 

Na etapa final, o enredo foi o mesmo do primeiro tempo. Porém, o gol que faltou nos primeiros 45 minutos, não demorou a sair. Aos três minutos, Bruno Rodrigues recebeu a bola, clareou o lance e chutou no canto direito de Felipe Garcia, abrindo o placar.

Com o gol do Cruzeiro, o Tombense se obrigou a sair para o jogo, porém, sem sucesso ofensivo. Em contrapartida, o time de Tombos abriu a defesa e cedeu espaços ao time celeste. Não demorou muito para os cruzeirenses comemorarem o segundo gol.

Lateral-esquerdo Matheus Bidu recebeu na ponta-esquerda, e cruzou rasteiro. Quando a bola procurava os pés de Luvannor, quem chegou para o arremate foi Daniel Junior, que dominou e finalizou a bola que morreu no alto das redes de Felipe Garcia.

Dominando o jogo e com a vitória encaminhada, o Cruzeiro poderia ter ampliado o placar da partida, contudo, quem apareceu foi o goleiro Rafael Cabral, que defendeu o cabeceio do atacante Ciel. 

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais