Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Cruzeiro empata com Londrina no Mineirão

O time celeste empatou com o Londrina, por 2 a 2, no Mineirão, valendo pela 15ª rodada. Bruno José e Marcelo Moreno fizeram os gols celestes. Matheus Bianqui e Douglas Santos anotaram para a equipe paranaense.

Por Vinícius Silveira

O Cruzeiro saiu de campo sem vencer na Série B mais uma vez. O time celeste empatou com o Londrina, por 2 a 2, no Mineirão, valendo pela 15ª rodada. Bruno José e Marcelo Moreno fizeram os gols celestes. Matheus Bianqui e Douglas Santos anotaram para a equipe paranaense.

No final das contas, o resultado não foi legal para nenhum dos times. Ambos saíram da zona de rebaixamento, com o Londrina ficando em 15º, e o Cruzeiro em 16º lugar, com 13 pontos cada um. Contudo, os dois voltam para o Z-4 se Vila Nova, Brasil de Pelotas e Ponte Preta vencerem seus compromissos.

Leia mais: Mozart Santos pede demissão e não é mais técnico do Cruzeiro

Na próxima rodada, o Cruzeiro vai até Santa Catarina visitar o Brusque, no Estádio Augusto Bauer, sábado (7), às 11 horas, valendo pela 16ª rodada da Série B.

Cruzeiro sai na frente, mas defesa falha e leva virada

Antes do jogo, o técnico Mozart Santos apostou no esquema com três zagueiros, e promoveu o retorno do atacante Marcelo Moreno ao time titular.

Nos primeiros minutos, o Cruzeiro mostrou domínio das ações em campo. As jogadas eram construídas pelos lados do campo, preferencialmente, pela esquerda com Felipe Augusto. Entre os três atacantes, Bruno José era o mais envolvido com o jogo, e foi com ele que saiu o primeiro gol celeste.

A defesa do Londrina vacilou e perdeu a bola na intermediária. Bruno José fez o domínio, tinha Marcelo Moreno e Rafael Sobis para passar a bola, mas ao tentar o passe, a bola desviou na zaga, tirou o goleiro do lance e foi para as redes.

Mesmo estando à frente no marcador, o Cruzeiro era totalmente inseguro na defesa e este setor seria determinante no resultado da partida. Aos 24 minutos, Celsinho cobrou a falta na cabeça de Matheus Bianqui, que subiu soberano e empatou o jogo.

A atuação do Cruzeiro, que não era das mais convincentes, ficou ainda pior, pois os jogadores sentiram o empate do Londrina. O time celeste perdeu a criatividade e teve somente uma chance de gol. Felipe Augusto pegou a sobra de bola, chutou rasteiro para boa defesa de César.

O Cruzeiro sofreria a virada e novamente com falha defensiva. Rômulo perdeu a bola, Felipe Vieira puxou o contra-ataque e serviu a Douglas Santos, que tocou a bola por cima do goleiro Fábio para virar o placar.

Marcelo Moreno empata e Cruzeiro perde gols no fim 

No segundo tempo, o Cruzeiro não voltou com alterações entre os 11 jogadores que encerraram a etapa inicial, mas o futebol também não apresentou evoluções. A jogada mais executada pelo time celeste eram os cruzamentos para a grande área. Aos quatro minutos, Rafael Sobis recebeu na área e chutou em cima da defesa. Logo depois, Lucas Lourenço respondeu em finalização por cobertura após passe de Safira.

Logo depois, os dois times demonstraram ausência de qualidade nas jogadas de ataque. O Londrina não exigia intervenções do goleiro Fábio, e o Cruzeiro se aproximava da defesa paranaense, mas esbarrava em erros de passe na hora da definição.

As melhores jogadas do Cruzeiro surgiam pela direita com Bruno José, e o mesmo teve uma finalização com grande defesa de César. Minutos depois, veio o empate celeste. Wellington Nem, que entrou no segundo tempo, fez o cruzamento para a área. Bruno José ajeitou e Marcelo Moreno finalizou para as redes.

Após o gol, o Cruzeiro retornou com o mesmo interesse do começo da partida. Pressionou, jogou no campo do adversário e teve chances para virar o jogo. Wellington Nem finalizou e a zaga cortou na hora certa. Logo depois, Felipe Augusto cabeceou a bola no canto direito do goleiro, que só olhou a bola sair para a linha de fundo. 

Confira os gols da partida com a narração de Guilherme Mello


Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais