Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Cruzeiro empata com o Guarani em Campinas

Com o resultado, o Cruzeiro caiu para o 15º lugar, com 32 pontos. Já o Guarani se manteve na sexta posição, com 42 pontos.

Por Vinícius Silveira

O Cruzeiro empatou com o Guarani, por 1 a 1, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, valendo pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol celeste foi anotado por Ramon. O Bugre empatou com Matheus Ludke.

Com o resultado, o Cruzeiro caiu para o 15º lugar, com 32 pontos. Já o Guarani se manteve na sexta posição, com 42 pontos. Na próxima rodada, o time celeste enfrentará o Brasil de Pelotas, domingo (3), às 11 horas, no Estádio Independência.

Luxemburgo altera time e Cruzeiro abre o placar

Antes do jogo, o técnico Vanderlei Luxemburgo fez alterações importantes. Tirou Cáceres e colocou Rômulo na lateral-direita, improvisou Felipe Augusto na ala esquerda, e ainda apostou no atacante Vitor Leque começando como titular.

No primeiro tempo, o Cruzeiro começou melhor. Tomou iniciativa da partida, maior posse de bola e procurou o gol nos minutos inciais. A pressão celeste teve resultado aos 12 minutos. Giovanni cobrou escanteio e Ramon escorou a bola de cabeça para as redes.

Atrás no marcador, o Guarani buscou o jogo, trabalhando a bola com Régis pelo meio-campo, e procurando a velocidade do atacante Bruno Sávio, diversas vezes municiado pelas pontas do campo. Logo, o Bugre levou perigo em duas oportunidades, com Julio César e Matheus Ludke.

No decorrer do primeiro tempo, os dois times equilibraram a partida, levaram perigo em poucas oportunidades, mas o placar se manteve em vantagem a favor do Cruzeiro até o final da etapa inicial.

Jogo fica nervoso e Guarani empata

Na etapa final, o Guarani voltou melhor, mais intenso na partida e buscou o jogo. O Cruzeiro não retornou com a mesma proposta do começo do jogo, e a resposta chegou aos quatro minutos. Bruno Sávio fez belo passe pelo alto na grande área, Matheus Ludke ficou frente ao goleiro Fábio, e completou para as redes.

Com o jogo equilibrado, o Cruzeiro chegou a marcar o gol de desempate com Bruno José, mas o VAR pegou impedimento de Rômulo no começo da jogada. Até o final da partida, ambos produziram pouco, e o Cruzeiro só levou perigo no último lance da partida. Eduardo Brock cobrou falta com violência e a bola acertou o travessão. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais