Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Cruzeiro recebe o Operário-PR em Sete Lagoas

O time celeste é o 13º colocado, com 29 pontos, e acumula dez jogos sem perder na Série B.

Por Vinícius Silveira

Em momento de evolução na Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro tem novo compromisso pela competição nacional. O adversário é o Operário-PR, nesta quinta-feira (16), às 19 horas, na Arena Buser, valendo pela 24ª rodada.

O time celeste é o 13º colocado, com 29 pontos, e acumula dez jogos sem perder na Série B. Já o Operário tem 33 pontos, e não vive um momento dos mais favoráveis, pois não vence há três partidas.

Luxemburgo leva dúvida para o vestiário

No jogo contra a Ponte Preta, o técnico Vanderlei Luxemburgo saiu do esquema com três atacantes e atuou com quatro meio-campistas. Coincidência ou não, foi quando o treinador voltou a tática mais ofensiva, o Cruzeiro fez o gol da vitória contra o time de Campinas, com Bruno José.

E é esta dúvida que o técnico celeste deve levar para o vestiário da Arena Buser. Caso queira contar com Bruno José, Luxemburgo começará com o esquema de três atacantes. Caso contrário, pode manter Claudinho e permanecer no 4-4-2.

A outra dúvida é no ataque. Thiago, que tem ganhado oportunidades com Vanderlei Luxemburgo, pode sair para o retorno de Marcelo Moreno. O atacante boliviano começou no banco de reservas contra a Ponte Preta, mas pode iniciar a partida diante do Operário.

Matheus Costa ganha opções para encarar o Cruzeiro

O técnico Matheus Costa ganhou opções para escalar o Operário na noite desta quinta-feira. O treinador tem as voltas do lateral-direito Alex Silva, recuperado de lesão, e do atacante Felipe Garcia, que cumpriu suspensão na rodada anterior.

Se Alex Silva começar como titular, ficará a dúvida de quem vai para o banco de reservas: Fábio Alemão ou Rodolfo Filemon. No ataque, Thomaz ou Djalma Silva podem ser sacados para o retorno de Felipe Garcia

Escalações

Cruzeiro: Fábio; Cáceres, Ramon, Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Rômulo, Marcinho e Claudinho (Bruno José); Wellington Nem e Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Operário: Simão; Alex Silva, Reniê, Rodolfo Filemon (Fábio Alemão) e Fabiano; Leandro Vilela, Marcelo Santos e Marcelo Oliveira; Thomaz (Felipe Garcia), Djalma Silva e Paulo Sérgio. Técnico: Matheus Costa

Arbitragem: Rodrigo Dalonso Ferreira apita o jogo. Alex dos Santos e Helton Nunes são os auxiliares. Todos de Santa Catarina. Pablo Ramon Goncalves Pinheiro, do Rio Grande do Norte, é o Árbitro de Vídeo.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais