Carregando...

Cruzeiro

Imagem: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Cruzeiro vence o Brusque no Mineirão

O time celeste derrotou o Brusque, por 2 a 0, no Mineirão, valendo pela 35ª rodada. Vitor Roque e Giovanni, um em cada tempo, marcaram os gols celestes.

Por Vinícius Silveira

O Cruzeiro venceu mais uma partida na Série B do Campeonato Brasileiro. O time celeste derrotou o Brusque, por 2 a 0, no Mineirão, valendo pela 35ª rodada. Vitor Leque e Giovanni, um em cada tempo, marcaram os gols celestes.

Com o resultado, o Cruzeiro deu mais um passo para afastar a possibilidade de rebaixamento para a Série C, e agora tem mais tranquilidade para pensar a temporada de 2022, e cumprir os jogos restantes na segunda divisão.

Na próxima rodada, o Cruzeiro viaja até Salvador para enfrentar o Vitória, domingo, às 19 horas, no Estádio Barradão. O rubro-negro baiano é o vice-lanterna e ainda luta para não ser rebaixado.

Cruzeiro mostra mais qualidade 

O técnico Vanderlei Luxemburgo apresentou uma novidade em relação ao jogo contra o Londrina. O atacante Bruno José não reuniu condições para jogar e quem começou como titular foi Vitor Leque.

A presença de Vitor Leque se tornaria decisiva na partida. O atacante fez uma boa parceria com Thiago, e o Cruzeiro mostrou qualidade durante o primeiro tempo. Os jogadores foram participativos, mostrando movimentação e buscando o jogo. Já o Brusque demorou a se encontrar na partida, e quando o fez, já havia levado o primeiro gol.

Aos 26 minutos, após cobrança de escanteio. Thiago tentou o cabeceio, mas a bola sobrou para Vitor Leque, que tocou a bola para as redes de Ruan Carneiro. Após receber críticas durante a semana, por ter curtido postagens relacionadas ao rival Atlético, marcar o gol foi importante para o jovem.

Atrás no marcador, o Brusque finalmente saiu para o jogo. O time catarinense cresceu na partida, e foi então que o goleiro Fábio apareceu para fechar o gol. O camisa 1 do Cruzeiro defendeu as finalizações perigosas de Jhon Cley e Edu. No final, Vitor Leque ainda perdeu uma ótima chance.

Fábio é o nome da etapa final 

Na etapa final, o Cruzeiro voltou mantendo o mesmo controle da partida. Dentro de campo, o time celeste mostrou mais qualidade e confirmou a superioridade logo aos quatro minutos. Giovanni pegou a bola e mandou uma pancada, com a bola entrando no ângulo do goleiro Ruan Carneiro.

Após o gol, foi a vez do sistema defensivo do Cruzeiro mostrar qualidade. A marcação foi efetiva, com Lucas Ventura na proteção da defesa e a dupla Rhodolfo e Eduardo Brock na defesa. Porém, o destaque mesmo ficou com o goleiro Fábio.

O ídolo celeste fechou o gol no segundo tempo assim como na etapa inicial. Ianson e Figuinho exigiram muito de Fábio, e o camisa 1 respondeu com grandes defesas. Tais intervenções garantiram com méritos, mais três pontos ao Cruzeiro na Série B.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais