Cruzeiro

  1. Esporte
  2. Cruzeiro
  3. Em noite de Eduardos, Cruzeiro vence o Athletic e inverte vantagem na semifinal do Mineiro
Imagem: Staff Images

Em noite de Eduardos, Cruzeiro vence o Athletic e inverte vantagem na semifinal do Mineiro

Eduardo Brock e Edu, um em cada tempo, marcaram os gols do time celeste.


Por Guilherme Souza

No primeiro embate da semifinal do Campeonato Mineiro, Cruzeiro e Athletic mediram forças no Mineirão. Na noite desta terça-feira, a Raposa venceu por 2x0. Eduardo Brock e Edu fizeram os gols, sendo um em cada tempo.

O jogo de volta acontece no sábado, às 16h30, também no Gigante da Pampulha.

COMO FICA?

Para avançar à decisão, o time celeste pode até perder por um gol de diferença. A equipe alvinegra precisa vencer por um placar de dois gols de saldo.

GOL NO INÍCIO DESARMA O ATHLETIC

O primeiro tempo foi bastante franco. As duas equipes fizeram um jogo aberto e com postura ofensiva por diversos momentos. A equipe de São João del-Rei se lançou ao ataque nos primeiros minutos, mas sofreu o contragolpe celeste, que foi parado com falta na intermediária. Na cobrança mortal, aos seis minutos, Eduardo Brock soltou um canudo, a bola passou pela barreira e morreu no ângulo superior do goleiro Pedro Rocha.

Após o gol sofrido, o Athletic tentou partir para cima e ensaiou uma reação rápida. A equipe alvinegra apostava em cruzamentos buscando o centroavante Raphael Lucas, mas a defesa celeste interceptava bem.

A grande chance do Esquadrão de Aço foi aos vinte e quatro, quando Wallison cruzou pelo lado direito, e Alason cabeceou na marca do pênalti, entretanto, por cima do gol de Rafael Cabral.

Depois dos trinta, a Raposa encurralou o adversário e empilhou chances de ampliar o marcador. Aos trinta e quatro, Brock entregou para Vítor Roque, que cruzou no ataque, pela direita, e a bola encontrou Waguininho, na segunda trave, que chutou sobre o gol, desperdiçando uma chance incrível.

Ainda teve tempo para uma jogadaça da joia da Toca, Vítor Roque, que deu uma caneta no adversário, e sem ângulo, soltou a bomba pra fora.     

ATHLETIC ASSUSTA NO PRIMEIRO MINUTO, MAS VIRA PRESA FÁCIL

No primeiro lance da segunda etapa, o Athletic chegou a empatar a partida em um toque na saída de Rafael, mas a arbitragem já marcava impedimento.

Na sequência, o Cruzeiro não perdoou. Aos quatro, Canesin soltou uma bomba de fora da área, o goleiro deu rebote, e Edu, oportunista, marcou o segundo. O assistente invalidou o lance por uma possível posição ilegal, mas o VAR confirmou o gol.

Com o placar confortável, o Cruzeiro encurralou o adversário e ficou bem perto do terceiro gol. Aos vinte e três, após bola afastada, Fernando Canesin soltou a bomba para defesa incrível de Pedro Rocha.

Na reta final do jogo, o Cruzeiro administrou a excelente vantagem construída e não foi incomodado pelo adversário.  

Colunistas

Carregando...

Enquete

Carregando...

Saiba mais