Carregando...

Esporte Nacional

Imagem: Divulgação/FMF

Por aclamação, Adriano Aro é reeleito presidente da Federação Mineira de Futebol

Marcelo Aro, irmão de Adriano, será o vice-presidente. Castellar deixa o posto para ficar na CBF. A nova gestão começará em janeiro de 2022 e vai até 2025

Por Vinícius Silveira

Adriano Aro foi reeleito presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF). Sem outro candidato ao posto, Adriano foi eleito por aclamação. Aro, que ocupa a função desde 2018, quando sucedeu a Castellar Guimarães Neto, ficará até 2025. A nova gestão começará em janeiro de 2022.

Mesmo com a reeleição de Adriano Aro, a diretoria da Federação Mineira de Futebol (FMF) sofreu uma alteração. Marcelo Aro, irmão de Adriano, será o vice-presidente. Castellar deixa o posto para ficar na CBF.

Estou muito feliz e grato por receber mais um voto de confiança. Esse resultado é o reconhecimento do intenso trabalho ao longo dos últimos anos. O meu compromisso segue o mesmo, de fortalecer cada vez mais o nosso futebol. E tenho certeza de que, com o auxílio de todos, nossos clubes e o esporte no geral seguirão crescendo e dando orgulho para a população mineira. Esperamos que nos próximos anos, com a pandemia controlada de certa forma, as torcidas de volta aos estádios, tenhamos competições ainda mais fortes. Sejam elas no masculino, no feminino, no profissional ou no amador. A intenção é sempre deixar o futebol de Minas Gerais no topo!”, disse Adriano Aro por meio da assessoria da FMF.

A família de Adriano e Marcelo Aro tem história no comando da Federação Mineira de Futebol. Tudo começou com José Guilherme Ferreira, avô da dupla, que presidiu nas décadas de 1960 e 1970. Posteriormente, o tio, Elmer Guilherme Ferreira, ficou no posto na segunda metade dos anos 1980 e a década de 1990. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais