Carregando...

Esporte

Imagem: Pedro Souza/Atlético

Atlético vence o Athletico/PR e se aproxima da liderança

O alvinegro chegou ao sétimo triunfo consecutivo na Série A.

Por Guilherme Souza

Galo e Furacão se enfrentaram na tarde deste domingo, no Mineirão, em partida válida pela décima quarta rodada da Série A. Com gols de Eduardo Vargas e Neto, o Atlético venceu por 2x0.

Com o resultado, o alvinegro se manteve na vice-liderança, agora com 31 pontos, diminuindo a vantagem para o líder Palmeiras. O Athletico/PR é o sexto, com 23.

As duas equipes voltam a jogar na quarta-feira, pela Copa do Brasil, nos duelos de volta das oitavas de final. O Athletico/PR visita o Atlético/GO, às 19h15, em Goiânia. O Atlético encara o Bahia, em Salvador, às 21h30.    

SEQUÊNCIA DE VITÓRIAS É AMPLIADA

O Atlético emplacou a sétima vitória consecutiva na Série A do Campeonato Brasileiro. A última derrota foi no dia 27 de junho, por 2x0, para o Santos, na Vila Belmiro.

PRIMEIRO TEMPO EQUILIBRADO

A igualdade não prevaleceu apenas no marcador na primeira parte do jogo. As duas equipes fizeram um jogo bastante truncado.

Com a ausência de Hulk, o Atlético perdeu movimentação no ataque passou a depender exclusivamente de jogadas trabalhadas por Nacho Fernández.

O Furacão, por sua vez, sofreu bastante para chegar ao campo ofensivo, com o Galo marcando a saída de bola. Com isso, a aposta acontecia em chutes de longa distância.  

Do outro lado, a principal oportunidade clara do alvinegro foi aos trinta e oito, quando Zaracho chutou cruzado e Sasha, no rebote, cabeceou pra fora. Entretanto, o lance estava impedido.  

GALO CIRÚRGICO NA SEGUNDA ETAPA

Os primeiros dez minutos do segundo tempo foram de domínio do Athletico/PR. Com a saída de Tchê Tchê para a entrada de Vargas, a defesa atleticana ficou mais exposta. Com isso, o time rubro-negro adiantou a marcação e passou a incomodar. A grande chance foi aos seis, quando Nicolas cruzou para Cittadini, que ajeitou para Jadson, que dominou e bateu por cima, perdendo uma chance incrível.  

Aos doze, Nacho, em jogada individual desafogou o Atlético.O meia driblou Richard, sofreu pênalti, e Vargas cobrou com categoria, para botar o Galo em vantagem e esfriar o bom momento do adversário no jogo.

O Athletico/PR tentou não sentir o golpe e chegou com Cittadini, que pegou mal e bateu pra fora. A resposta do Galo foi fatal. Vargas fez boa jogada aos vinte e três, e cruzou para o garoto, que pegou de primeira e viu a bola desviar em Pedro Henrique, para tirar qualquer possibilidade de defesa de Bento.

Com o placar ampliado, o Atlético passou a controlar a partida sem sustos. O adversário pouco incomodou.

Eduardo Vargas que entrou no intervalo, acabou dando uma cotovelada em Pedro Henrique na reta final do jogo e recebeu o segundo cartão amarelo.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais