Carregando...

Esporte

Com gol de Matheus Barbosa, Cruzeiro elimina o América na Copa do Brasil

O Cruzeiro venceu o América-RN, por 1 a 0, nas Arena das Dunas, e garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O time celeste embolsou mais R$ 1,7 milhão de premiação no torneio

Por Vinícius Silveira

O Cruzeiro venceu o América-RN, por 1 a 0, na Arena das Dunas, e garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil. O gol celeste foi anotado por Matheus Barbosa, no segundo tempo.

Com o resultado, o time celeste embolsou mais R$ 1,7 milhão pela classificação no torneio. O adversário na próxima fase será decidido por sorteio.

Enquanto não descobre o adversário na Copa do Brasil, o Cruzeiro segue a disputa do Campeonato Mineiro. O time celeste encara o Pouso Alegre, às 11 horas, no Estádio Manduzão.

CRUZEIRO TEM DIFICULDADES NA ETAPA INICIAL

O técnico Felipe Conceição apostou na manutenção da formação que entrou em campo contra o Atlético, no domingo (11). Contudo, os jogadores não repetiram a mesma atuação diante do alvinegro.

O time celeste teve problemas na criação das jogadas, na troca de passes, e enfrentou o América, que se colocou em campo de forma corajosa. Encarou de frente o Cruzeiro, apostando na movimentação do ataque e em jogadas individuais, mas não houve nenhuma grande defesa do goleiro Fábio. 

TIME CELESTE MELHORA E GARANTE A CLASSIFICAÇÃO

No segundo tempo, o Cruzeiro voltou melhor e buscando o gol, mas faltava qualidade no último passe. O América tentava responder, porém, aos poucos o time potiguar foi perdendo a força, dando a bola para o adversário, e consequentemente, o crescimento celeste aconteceu.

Romarinho ainda teve uma grande chance, mas parou nas luvas do goleiro Fábio. O Cruzeiro melhorou ainda mais com as entradas de Felipe Augusto e Rômulo, que deram mais mobilidade e qualidade na construção das jogadas. Rômulo quase fez um golaço, pegando de primeira com a perna direita, e a bola acertou o travessão. 

Aos 38 minutos, veio o gol da classificação. Na troca de passes e na movimentação de Rafael Sóbis, o camisa 10 serviu a Felipe Augusto. Na ponta-esquerda, Felipe Augusto cruzou rasteiro para a finalização de Matheus Barbosa, que tocou de perna esquerda, no contrapé de Samuel Pires.

Nos minutos finais, o América não tinha a mesma intensidade que em outros momentos do jogo. Já o Cruzeiro parecia ter o jogo controlado e poderia ter ampliado o marcador, mas faltou capricho para criar as jogadas.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais