Carregando...

Esporte

Imagem: Pedro Souza/Atlético

Com gol relâmpago, Atlético vence o Internacional no Beira-Rio

O time alvinegro conseguiu sua terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.

Por Guilherme Souza

O Atlético entrou em campo na noite desta quarta-feira, diante do Internacional, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Com um gol de Nathan, o Galo venceu por 1x0.

Com o resultado, o Atlético subiu para a terceira colocação, com nove pontos. O Inter é o décimo terceiro, com quatro.

O próximo compromisso do time alvinegro será na próxima segunda-feira (21), às 20h, diante da Chapecoense, no Mineirão. O Inter receberá o Ceará, no domingo, às 16h, no Beira-Rio. As partidas são válidas pela quinta rodada da Série A.

 

SURPRESA DECIDE

Nathan foi a grande novidade na escalação alvinegra e marcou o gol da vitória. O meia entrou na vaga de Nacho Fernández, que amanheceu gripado. O resultado PCR do jogador deu negativo para a COVID-19;

 

GOL RELÂMPAGO

Logo que a bola rolou, no primeiro minuto, o Galo abriu o placar. O time alvinegro roubou a bola no meio-campo, Hulk recebeu e tocou para Jair, que entregou para Nathan que invadiu a área e tocou na saída de Daniel. A bola morreu no canto esquerdo das redes coloradas.

O gol deu tranquilidade ao Atlético, que passou a dominar o meio-campo. Logo na sequência, Hulk recebeu e chutou fraquinho.

Depois dos vinte minutos, o Internacional acordou e passou a mandar na partida. Aos vinte e três, a primeira chance com perigo. Moisés tentou o cruzamento rasteiro e Allan cortou, assustando o goleiro Everson. Em seguida, o Galo tentou responder e Nathan arriscou da entrada da área e mandou por cima do gol.

A pressão do Colorado aumentava cada vez mais. Aos trinta e cinco, após pivô de Thiago Galhardo, Edenílson chegou batendo e mandou pra fora, com bastante perigo.

Na reta final da primeira etapa, o Internacional chegou em cobranças de escanteio. Contudo, sem perigo.

 

SEGUNDO TEMPO DE PURA PRESSÃO

O Internacional voltou a ser superior ao Atlético. O Colorado ditava o ritmo e dominava as ações. Por outro lado, o Galo defendia bem e se mandava em contra-ataques.

Aos oito minutos, Thiago Galhardo recebeu um presente de Réver, passou por Everson, mas Arana fez a cobertura e salvou.  

Aos dezessete, Maurício chegou de carrinho na segunda trave e perdeu uma chance incrível.

Logo na sequência, a defesa alvinegra respirou por alguns minutos. Durante este período, em contra-ataque de Hulk, o atacante rolou para Allan, que bateu cruzado para a defesa de Daniel.

O Internacional rondava a área atleticana e apostava no chuveirinho. No último minuto, Heitor achou Moisés livre, e ele cabeceou por cima, na última chance concreta do time gaúcho.     



Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais