Carregando...

Esporte

Com primeiro tempo excelente, Atlético goleia o Vasco no Mineirão

Atlético é avassalador durante o primeiro tempo, goleia o Vasco e se isola na liderança do Campeonato Brasileiro

Por Vinícius Silveira

Foto: Bruno Cantini/Atlético

O Atlético goleou o Vasco por 4 a 1, no Mineirão, valendo pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Galo foram marcados por Guilherme Arana, Savarino, Guga e Keno. Benitez fez o gol de honra vascaíno.

Com o resultado, o Atlético se isolou ainda mais na liderança do Brasileirão. Têm 27 pontos, cinco a mais que Internacional e Palmeiras, que estão na vice-liderança. O Vasco caiu para o oitavo lugar, com 18.

ATLÉTICO É ALUCINANTE E GOLEIA NA ETAPA INICIAL

No primeiro tempo, os minutos iniciais mostraram o equilíbrio dos dois times, que buscavam o ataque e ficavam expostos defensivamente. O Vasco era quem mais trabalhava no campo ofensivo e foi premiado aos oito minutos.

Após cobrança de lateral pela esquerda, Réver falha ao tocar de cabeça. Benitez apareceu livre, dominou no peito e virou uma bicicleta sensacional. Um golaço!

O Atlético não se abateu com o gol sofrido. Adiantou as linhas e deixou o time vascaíno sufocado no campo de defesa. Aos poucos, o Galo era todo pressão, dominou o jogo e os gols seriam questão de tempo.

Aos 13 minutos, Guga cruzou, Nathan escorou e Guilherme Arana chutou cruzado, rasteiro e sem chances para Fernando Miguel. Quatro minutos depois, Keno fez jogada pessoal pela esquerda e passou a Savarino, que finalizou por baixo do goleiro vascaíno.

Mesmo com a virada, o Galo estava insaciável. Aos 26 minutos, na falha de saída de jogo, Nathan sofreu pênalti de Carlinhos. Guga, que nunca tinha marcado um gol sequer com a camisa do Atlético, bateu a penalidade como manda o figurino: goleiro de um lado e a bola do outro.

Aos 35, nova falha da defesa vascaína e novo pênalti, desta vez, de Leandro Castan em Alan Franco. Na cobrança, Keno bateu a bola no canto esquerdo e o goleiro foi para o canto contrário.

GOLS PARAM, MAS PRESSÃO DO GALO CONTINUA

Na etapa final, a pressão atleticana seguiu como no primeiro tempo. Marcação adiantada, pressão na saída de bola na defesa vascaína e buscando o gol.

Por consequência, o Vasco tinha muitas dificuldades na armação das jogadas e a marcação muito bem feita sobre Benitez e German Cano tornou o time vascaíno pouco efetivo.

As coisas ficaram piores para o Vasco quando Andrey cometeu falta em Alan Franco. Por ter cartão amarelo, o volante vascaíno levou o segundo e foi expulso.

O Atlético ainda mandou uma bola no travessão após chute de Allan, aos 32 minutos, mas as redes não voltaram a balançar. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais