Carregando...

Esporte

De virada, Bahia vence o Atlético em Salvador.

O resultado custou caro ao Atlético, que caiu para a terceira posição na classificação do Campeonato Brasileiro

Por Vinícius Silveira

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Buscando retomar a liderança do Brasileirão, o Atlético perdeu para o Bahia, por 3 a 1, no Estádio de Pituaçu, em Salvador. Os gols tricolores foram marcados por Gilberto, duas vezes, e Daniel. O Galo marcou com Savarino.

Com o resultado, o Atlético terminou a rodada em terceiro lugar, com 31 pontos, três a menos que Flamengo e Internacional. Vale lembrar que o Galo tem um jogo a menos, contra o Athletico-PR, que ainda não tem data.

Próximo jogo do Atlético será contra o Sport, sábado (24), às 21 horas, no Estádio Mineirão.

GALO DOMINA O PRIMEIRO TEMPO

No primeiro tempo, foi jogo de um time só. O Atlético jogou a maior parte do tempo no campo de defesa do Bahia. O Galo trocava passes com muita tranquilidade, enquanto o tricolor baiano só se preocupava em defender.

Não só a qualidade técnica do Atlético contribuía para um domínio técnico e tático, mas o Bahia também errava muitos passes na saída de jogo, praticamente devolvendo a bola ao Galo.

Tanto domínio do Galo resultou no primeiro gol. Após cruzamento, Réver fez função de pivô e rolou a bola para Savarino chutar de perna esquerda. A bola entrou no canto esquerdo.

O Atlético poderia ter ampliado o marcador, mas pecava nas finalizações. Um dos que mais finalizaram foi Keno, que investia nos arremates de fora da grande área e sempre com perigo.

BAHIA MUDA, EQUILIBRA O JOGO E VIRA O PLACAR

Após sofrer mais de 45 minutos de pressão total do Atlético, uma mudança foi determinante para que a postura do Bahia virasse o jogo. A entrada do atacante Gilberto prendeu a zaga atleticana e trouxe presença ao tricolor no campo de ataque.

Mesmo chegando bem e criando chances de gol, dentre elas, com Savarino, que perdeu a oportunidade mais clara do Atlético na etapa final, o Galo não foi o mesmo time do primeiro tempo.

Quando o jogo estava equilibrado, o Bahia empatou a partida. Após falta cobrada por Gilberto, Everson espalmou. No rebote, a bola sobrou para Daniel que finalizou para as redes de Everson.

O empate do Bahia encheu o tricolor de entusiasmo, que achou o mapa da mina do jogo. O contra-ataque em velocidade pegava a defesa atleticana sempre aberta. E foi em um erro de Guga, que tricolor virou o jogo.

Após recuo errado de Guga, Gilberto pegou a sobra, passou por Everson, e mesmo com o gol aberto, teve tempo para driblar Igor Rabello, e tocar para as redes.

Desorganizado e pouco produtivo, o Atlético não levava perigo ao gol baiano e ainda dava espaços ao ataque do Bahia, que não teve problemas para balançar as redes pela terceira vez. Gilberto, o dono do segundo tempo, recebeu a bola na frente e finalizou o goleiro Everson. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais