Carregando...

Esporte

Governador Romeu Zema avalia como "não prudente" receber a Copa América em MG

Alguns estados como Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte também tomaram a decisão de não receber os jogos da Copa América.

Por Vinícius Silveira

Após o anúncio da transferência da sede da Copa América para o Brasil, após ter passado por Colômbia e Argentina, estados como Pernambuco, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte se recusaram a receber o torneio. O governador Romeu Zema (Novo) declarou ao programa “Visão CNN”, nesta segunda-feira (31), entendeu como "não prudente" a disputa do torneio em Minas Gerais, e de que gostaria que a competição fosse adiada.

No momento de pandemia, em que os hospitais ainda continuam com nível de ocupação extremamente elevado, e que a possibilidade de uma terceira onda não está descartada, avalio como não prudente fazermos qualquer evento que tenha aglomeração. A situação de Minas, apesar de estar bem melhor que a média do Brasil, não é livre de riscos. Gostaria muito que isso pudesse ser postergado. Da mesma maneira que temos tido campeonatos sem público e todas as medidas no sentido de evitar aglomerações. Não podemos nos dar ao luxo de brincarmos e menosprezarmos esse inimigo invisível e imprevisível”, disse, Zema.

Os números da pandemia em Minas Gerais, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, confirmaram 2.230 casos nas últimas 24 horas, e 45 mortes. O total de casos confirmados chegou a 1.572.004, com 40.497 óbitos.

O Brasil foi anunciado como sede da Copa América na manhã desta segunda-feira (31), após a Argentina ter descartado sediar o torneio em virtude dos casos de Covid-19 no país. A escolha pelo Brasil aconteceu após reunião emergencial na Conmebol, e contou com o sinal verde do governo federal.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais