Carregando...

Esporte

Hulk desencanta, marca duas vezes, e o Atlético venceu o América de Cali

Hulk saiu do banco de reservas, entrou no segundo tempo e marcou os dois gols da vitória do Galo. Com o resultado, o Atlético é o líder, com quatro pontos.

Por Vinícius Silveira

Foto: Conmebol

Na estreia do Atlético em casa pela Libertadores 2021, o Galo venceu o América de Cali-COL, por 2 a 1, valendo pela segunda rodada do Grupo H. Hulk marcou os dois gols atleticanos, e Luis Sanchez fez o gol de honra do time colombiano. Todos no segundo tempo.

Com o resultado, o Atlético é o líder, com quatro pontos, e agora fica de olho no outro jogo do grupo, entre Cerro Porteño-PAR e Deportivo La Guaira-VEN. Caso os paraguaios vençam, o Galo retorna para a vice-liderança

Na próxima rodada, o Atlético recebe o Cerro Porteño-PAR, terça-feira (4), às 19h15, no Mineirão. Antes, o Galo pegará o Tombense, sábado (1), às 16h30, no Independência, valendo pela semifinal do Campeonato Mineiro.

CUCA SURPREENDE E FAZ MUDANÇAS NO TIME

Antes do jogo, o técnico Cuca surpreendeu com três mudanças: a manutenção do lateral-direito Mariano, a escalação de Igor Rabello e a presença de Allan no banco de reservas. Hulk, que pediu sequência de jogo, ficou entre os suplentes.

O Atlético dominou os primeiros 45 minutos, iniciando com boa movimentação e a utilização do lado esquerdo como principal setor de ataque. O América de Cali apostou em um jogo mais defensivo, dando a bola e aceitando a pressão do Galo. Quando o alvinegro se aproximava da grande área, os colombianos marcavam cometendo faltas.

Diferente do que aconteceu na partida contra o Deportivo La Guaira, o Atlético fez poucos cruzamentos, mas também não conseguiu finalizar na direção do gol. As poucas chances paravam na defesa ou a bola rumava para a linha de fundo.

Dentre os jogadores que mais se destacou, o meio-campo Zaracho foi muito bem, com boa movimentação, bons passes, ajudando na criação das jogadas e na marcação. 

HULK ENTRA E MARCA DUAS VEZES

Na etapa final, o Atlético com a mesma empolgação e interesse na partida que teve no primeiro tempo. A novidade foi à entrada de Hulk na vaga de Eduardo Vargas. O camisa 7 ficou na função de centroavante e foi nesta posição que ele foi determinante para o resultado da partida.

Contudo, antes de construir o resultado, o Atlético sofreu uma perda no time. O meia Zaracho saiu com muitas dores no pé direito, devido a uma disputa de bola, onde o zagueiro Igor Rabello pisou no pé do meio-campista. Nathan entrou no lugar do argentino.

E foi de Nathan o ótimo para Hulk, que entrou na área e sofreu pênalti do goleiro Graterol. O próprio Hulk pegou a bola e bateu a penalidade máxima, com a bola indo para o canto esquerdo do goleiro do time colombiano. Graterol foi para o lado contrário.

A entrada de Hulk também fez crescer o futebol de Savarino, e foi do venezuelano o passe para o segundo gol. O camisa 17 recebeu na área, tocou de calcanhar e Hulk chegou batendo de perna esquerda, sem chances para Graterol.

O Atlético tinha o jogo controlado, trocava passes, mas acabou levando o primeiro gol. Tchê Tchê perdeu a bola, e Luis Sanchez dominou e bateu na bola que entrou no cantinho do goleiro Everson.

Nos minutos finais, foi muita pressão do América de Cali, que se jogou todo ao campo de ataque, criando chances e finalizando. Contudo, não alterou o placar e o Galo venceu a primeira na Libertadores 2021. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais