Carregando...

Esporte

Foto: Divulgação/Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou a contratação de Luiz Felipe Scolari como novo treinador do clube. Felipão acertou com o time cruzeirense até dezembro de 2022, e a estreia do treinador será na partida contra o Operário-PR, terça-feira (20), em Ponta Grossa.

Felipão irá trabalhar com Paulo Turra e Carlos Pracidelli, sendo que Pracidelli estará em Belo Horizonte nesta sexta-feira, onde deve acompanhar a partida entre Cruzeiro x Juventude, no Mineirão.

Luiz Felipe Scolari estava desempregado desde setembro de 2019, quando deixou o Palmeiras. O primeiro contato da diretoria celeste com Felipão aconteceu na segunda-feira (12), e a resposta do treinador havia sido positiva, porém, logo depois, o técnico voltou atrás e recusou a proposta cruzeirense.

Outros três nomes foram trabalhados, mas encontraram recusas: Lisca (América), Umberto Louzer (Chapecoense) e Marcelo Chamusca (Cuiabá). Tantas negativas, fizeram com que a diretoria celeste fosse novamente atrás de Felipão.

Luiz Felipe Scolari tem 71 anos e acumula 38 anos de carreira como treinador de futebol. Ganhou destaque em nível nacional em 1991, quando foi campeão da Copa do Brasil comandando o Criciúma. Em 1994, chegou ao Grêmio onde ficou por três anos, conquistando a Copa do Brasil (1994), Libertadores (1995) e Brasileiro (1996). No Palmeiras, repetiu a trajetória de sucesso, com títulos nacionais, como a Copa do Brasil e internacionais, sendo a Taça Libertadores da América de 1999.

Após a passagem pelo Palmeiras, Felipão dirigiu o time do Cruzeiro entre 2000 e 2001. O treinador assumiu após a conquista da Copa do Brasil e chegou a levar os cruzeirenses até a semfinal da Copa João Havelange, porém, parou no Vasco da Gama na disputa da semifinal. O único título de Luiz Felipe Scolari na equipe celeste foi a Copa Sul-Minas de 2001. Logo depois, foi convidado para treinar a Seleção Brasileira nas Eliminatórias para a Copa do Mundo.

O ponto alto da carreira de Felipão foi a conquista do pentacampeonato mundial pelo Brasil em 2002, e com uma campanha irretocável: sete jogos e sete vitórias. Logo depois, comandou a Seleção de Portugal por cinco anos e diversos clubes, até retornar ao selecionado brasleiro, entre 2013 e 2014.

O último título conquistado por Luiz Felipe Scolari foi Campeonato Brasileiro de 2018 pelo Palmeiras.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais