Carregando...

Esporte

Palmeiras perde para o Tigres e fica fora da final do Mundial

O gol do time mexicano foi anotado pelo atacante Gignac, no começo do segundo tempo. O Palmeiras segue no Catar aguardando o adversário na disputa do terceiro lugar, marcado para a próxima quinta-feira (11).

Por Vinícius Silveira

Foto: César Greco/Palmeiras

O Palmeiras perdeu para o Tigres-MEX, por 1 a 0, em Doha, no Catar e está fora da final do Mundial de Clubes da FIFA. O gol do time mexicano foi anotado pelo atacante Gignac, no começo do segundo tempo.

O Palmeiras segue no Catar aguardando o adversário na disputa do terceiro lugar, marcado para a próxima quinta-feira (11). O oponente sairá do confronto entre Al Ahly, do Egito, e Bayern de Munique, que acontecerá nesta segunda-feira (8).

Campeão da América, o alviverde tem vaga direta na próxima Copa Libertadores da América, e ainda está em disputa no Brasileirão, onde terá que cumprir os jogos que restam e ainda o clássico contra o São Paulo, adiado da 34ª rodada, além da final da Copa do Brasil contra o Grêmio.

WEVERTON SE DESTACA COM GRANDES DEFESAS

Na etapa inicial, o Tigres-MEX fez o goleiro palmeirense Weverton trabalhar em três oportunidades e com grandes defesas. Gignac teve duas ótimas chances, uma chutando cruzado e outra em um cabeceio no canto esquerdo. No começo da partida, ainda teve uma cabeçada de Gonzalez, que Weverton foi buscar do lado direito.

O Palmeiras chegou a igualar condições, trocando passes no meio-campo e tentando abrir espaços nos lados do campo, com Gabriel Menino pela direita e Rony pela esquerda. Mesmo tentando criar chances, a única boa finalização foi de fora da área, com Rony, que fez o goleiro Guzmán realizar ótima defesa.

TIGRES DOMINA O JOGO E CONFIRMA A VITÓRIA

O Tigres terminou o primeiro tempo melhor em campo e confirmou a superioridade na etapa final. O meio-campo do time mexicano dominou e ditou o ritmo da partida, sem correria e com passes precisos. Rafael Carioca se destacou muito.

Aos seis minutos, aconteceu o gol do Tigres. González recebeu lançamento e sofreu penalidade máxima de Luan. Gignac bateu forte e não deu chances de defesa para Weverton.

Não menos importante o domínio do Tigres, o gol do time mexicano fez o Palmeiras perder o emocional. Quando tinha a posse de bola, errava os passes e não sabia o que fazer com a bola.

O Tigres controlou o jogo e tornou o goleiro Guzmán em um mero espectador da partida. O técnico Abel Ferreira ainda apostou em mudanças para colocar o time palmeirense mais ofensivo, mas não deu resultado e a partida terminou com vitória do time mexicano. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais