Carregando...

Esporte

Rogério Caboclo é afastado da presidência da CBF por 30 dias

O vice-presidente mais velho, Antônio Carlos Nunes assumirá o cargo durante o período. Uma reunião foi convocada para esta segunda-feira com diretores e os oito vice-presidentes.

Por Vinícius Silveira

Foto: CBF

O presidente da CBF, Rogério Caboclo, foi afastado do cargo por 30 dias, por uma determinação do Conselho de Ética do Futebol Brasileiro. A decisão aconteceu após revelação de que uma funcionária da entidade acusou Caboclo de assédio sexual e moral. A denúncia foi revelada pelo Globoesporte.com

Mesmo com Rogério Caboclo negando todas as acusações, a CBF divulgou nota na tarde deste domingo. 

A CBF informa que recebeu na tarde deste domingo, 6, decisão da Comissão de Ética do Futebol Brasileiro suspendendo temporariamente (pelo prazo inicial de 30 dias) o Presidente Rogério Caboclo do exercício de suas funções. Seguindo o Estatuto da entidade, toma posse interinamente, por critério de idade, o vice-presidente Antônio Carlos Nunes de Lima. A decisão é sigilosa e o processo tramitará perante a referida Comissão, com a finalidade de apurar a denúncia apresentada”.

O vice-presidente mais velho, Antônio Carlos Nunes assumirá o cargo durante o período. Uma reunião foi convocada para esta segunda-feira com diretores e os oito vice-presidentes. Rogério Caboclo chegou à presidência da CBF em 2018, quando foi eleito, mas só assumiu em abril de 2019.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais