98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Abertura de shoppings em Contagem foi inspirada em São Paulo

Abertura de shoppings em Contagem foi inspirada em São Paulo

A autorização para o funcionamento foi publicada em decreto da administração municipal. Ministério Público contestou a liberação dos shoppings

Por João Henrique do Vale - Cidades02/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter


A autorização para a reabertura de shoppings centers, e populares, centros comerciais e galerias, em Contagem, na Grande BH, foi inspirada em São Paulo. De acordo com o Marius Carvalho, procurador-geral do município, o Ministério Público de Minas Gerais contestou a medida. Por causa disso, o Município vai entrar na Justiça para que a flexibilização desses comércios comece na próxima segunda-feira.

"Fizemos várias reuniões e após o estado de São Paulo editar o protocolo permitindo a abertura de shoppings na onda dois, nós também optamos em fazê-lo. São Paulo se baseou em um estudo feito pelo Sírio Libanês (hospital). Ocorre que há uma discordância do Ministério Público de Minas Gerais que entende que ou o municípios se adere a deliberção 17, que é restritiva, ou ao Minas Consciente. No caso do programa do Governo de Minas, os shoppings estão inseridos na última onda. A matéria foi judicializada e estamos aguardando a decisão da Justiça", afirmou.

O procurador-geral afirmou que também tenta seguir protocolos de reabertura de São Paulo, ao invés de aderir as regras do programa do Governo de Minas Gerais. "Temos trabalhado em contato com o Estado de Minas sobre a possibilidade de mudança do Minas Consciente para seguir o protocolo de São Paulo. Estamos trabalhando neste sentido", afirmou.

Reabertura

Decreto da prefeitura de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, autoriza o funcionamento de shoppings centers, e populares, centros comerciais e galerias a partir de 8 de junho. De acordo com o documento, que foi publicado pela administração municipal, os estabelecimentos estarão autorizados a funcionar com capacidade reduzida em 50% das 12h às 20h, de segunda-feira à sábado. Os estacionamentos também limitados a 50% de sua capacidade.

Será proibida a presença de pessoas sem máscaras dentro dos estabelecimentos. Os clientes também terão que ter a temperatura medida.  Alguns serviços seguem suspensos. Como abertura de cinemas; teatros/auditórios; áreas de jogos, brinquedos ou entretenimento de qualquer espécie; boates e similares; academias; feiras, exposições e eventos de qualquer natureza;– serviços de empréstimo de carrinhos para crianças e empréstimo de cadeira de rodas, salvo para atendimento de emergência, realizando-se a higienização criteriosa após o uso.

Além disso, as praças e quiosques de alimentação permanecem fechadas, autorizando-se exclusivamente os serviços de entrega em domicílio e retirada do produto.