98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Ampliação de leitos adia colapso do sistema de saúde em Minas

Ampliação de leitos adia colapso do sistema de saúde em Minas

Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) fez uma projeção para o esgotamento dos leitos nesta quinta-feira. Secretaria de Estado de Saúde afirma que medidas adiou a data estimada para o esgotamento

Por João Henrique do Vale - Cidades24/06/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

 

A ampliação dos leitos em Minas Gerais foi essencial para adiar o colapso no sistema de saúde do estado. A afirmação foi feita nesta quarta-feira pelo secretário adjunto de saúde, Marcelo Cabral, durante entrevista coletiva. Projeção do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) indicava o esgotamento dos leitos para esta quinta-feira.

" Nós, felizmente, como temos mencionado, temos nos esforçado para a ampliação de leitos.  Conseguimos fazer isso, e, apesar de todos os problemas, conseguimos jogar um pouco mais para frente a data estimada para o esgotamento de leitos. Esses dados são dinâmicos, pois o trabalho é feito constantemente para a ampliação", afirmou o secretário adjunto.

Dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG) indica que a ocupação total dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Minas Gerais é de 90,36%. Dos leitos próprios para tratamento da Covid-19, a taxa de ocupação é de 16,28%.

Em relação aos leitos clínico, a ocupação total é de 64,57%. Já os leitos deste tipo especialmente para o tratamento da Covid-19, a ocupação é de 10,90%.

Taxa de transmissão

A Secretaria de Estado de Saúde acompanha como está a taxa de transmissão da doença no território mineiro, chamado de RT. De acordo com o chefe do gabinete da secretaria de saúde, João Pinho, a taxa está, atualmente, em 1.04. O ideal é abaixo de 1. Mesmo estando próximo da marca, ele faz um alerta.

" Hoje estamos em um patamar próximo do que seria mais adequado, mas isso pode mudar amanhã, por exemplo. Por isso, temos que acompanhar. Neste patamar, conseguimos ter algum tipo de controle. O RT de hoje aponta que o ritmo pode abrandar nos próximos dias, mas, isso pode mudar", comentou João Pinho. 

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.