Carregando...

Cidades

Carnaval em BH: Justiça proíbe festas clandestinas em ônibus e no metrô

O pedido para suspender o evento foi feito pela Advocacia-geral do estado de Minas Gerais

Por João Henrique do Vale

Uma liminar foi ganha pela Advocacia-Geral do Estado de Minas Gerais proibindo a realização de um evento clandestino de carnaval marcado para esta terça-feira. A festa itinerante iria acontecer a partir de 8h no transporte público de Belo Horizonte, como metrô e ônibus. A multa para os organizadores, se eles desrespeitarem a decisão, é de R$ 50 mil.

O serviço de inteligência da Polícia Militar monitorou as redes sociais e conseguiu identificar o grupo que estava organizando a festa. Por causa disso, a AGE entrou com uma ação na Justiça pedindo o cancelamento do evento.

O Governo de Minas afirma que  o "evento clandestino já é um claro desrespeito aos decretos do Estado e Prefeitura de BH que proíbem a aglomeração de pessoas em razão dos riscos causados pelo coronavírus, mas se torna ainda mais agressivo à saúde pública quando programado para ocorrer nas dependências do transporte público, como no interior e estações de ônibus e metrô”.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais