98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Chuva em BH: PBH volta a fazer obras na Av. Teresa Cristina onde gastou R$ 5,4 mi em 2020

Chuva em BH: PBH volta a fazer obras na Av. Teresa Cristina onde gastou R$ 5,4 mi em 2020

Avenida também foi destruída por enchentes no início do ano passado

Por João Henrique do Vale - Cidades16/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Depois de oito meses,  a Avenida Teresa Cristina,  na Região do Barreiro,  em Belo Horizonte,  terá que ser reconstruída novamente.  Temporal que atingiu a capital mineira e Contagem, na Grande BH,  voltou a provocar enchentes. Carros foram arrastados, moradores tiveram as casas invadidas pelas águas, e o asfalto foi totalmente arrancado em um longo trecho. 

Os moradores foram surpreendidos pela chuva no fim da tarde de sexta-feira.  Nas regiões Oeste e Barreiro, segundo a Defesa Civil Municipal, choveu 80,2 e 73,6 milímetros,  respectivamente,  em quatro horas. O suficiente para o córrego Ferrugem e o Ribeirão Arrudas transbordarem. A Avenida Teresa Cristina acabou inundada.  Um caminhão foi levado pela força da água e vários carros foram encobertos. 

A força da água também destruiu a avenida. Placas de asfalto foram arrancadas e muita sujeira foi levada para a região. Na manhã deste sábado, aproximadamente 180 funcionários da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) e da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) atuam na região.

Para a remoção dos resíduos, foram empenhados pela SLU 15 caminhões basculantes, um caminhão carroceria, dois caminhões-pipa e uma pá-carregadeira. A previsão é de que os trabalhos das turmas de limpeza urbana que começaram ontem (sexta-feira) se estendam até a próxima semana. As ações se concentram principalmente na retirada de lixo e de pertences danificados como móveis e colchões, bem como na raspação de lama, na lavação de vias e na remoção de resíduos acumulados em passagens de pontes e na parte externa das grelhas das bocas de lobo”, informou a PBH. 

Reconstrução 

Moradores das regiões Oeste e Barreiro voltam a conviver com antigos problemas que parecem não ter solução. Em janeiro de 2020,  a a Avenida Teresa Cristina foi arrasada por uma sequência de temporais. Somente em maio,  a via foi totalmente restaurada.

“Em maio de 2020, a Prefeitura de Belo Horizonte concluiu os trabalhos de recuperação da avenida Teresa Cristina, seguindo o cronograma da obra. Foram executados os serviços de desobstrução da via, do sistema de drenagem e restabelecimento do pavimento asfáltico em um trecho de 5,25 km, entre ruas Quéops e Ana Carolina com investimento de aproximadamente R$ 5,4 milhões”, afirmou a PBH.

A prefeitura terá que desembolsar mais recursos para reconstruir novamente a via.  De acordo com a PBH,  vistorias serão realizadas para avaliar os estragos. 

“No momento, a prioridade é limpar e desobstruir as vias e atender a gente população. Além disso, equipes estão vistoriando a cidade, avaliando os estragos para planejar e programar as obras que forem necessárias”, finalizou.