Carregando...

Cidades

Comitê de enfrentamento da Covid-19 recomenda manter comércio fechado em BH

Os profissionais de saúde que compõem o grupo da prefeitura colocam a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) como entrave para a reabertura

Por João Henrique do Vale

Belo Horizonte deve manter mais uma semana de abertura de apenas serviços essenciais. Essa é a recomendação do Comitê de Enfrentamento a Covid-19, que composto por infectologistas, repassado ao prefeito Alexandre Kalil. A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) próprios para o tratamento da doença, que está acima de 90%, é o grande impeditivo.

A recomendação ainda será analisada pelo prefeito e equipes do secretariado. A decisão se vai reabrir ou não o comércio na capital mineira nesta sexta-feira, será divulgada em entrevista coletiva marcada para 14h.

A Rádio 98 vai transmitir ao vivo a entrevista coletiva por meio das redes sociais

A recomendação foi confirmada pelo médico e professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Unaí Tupinambás. "Fizemos essa recomendação de não reabrir, por causa dos números da Covid-19 em Belo Horizonte. A ocupação de leitos de UTI ainda está muito alta. Essa sugestão ainda será analisada pelo prefeito e sua equipe", afirmou.

Tupinambás ressaltou que há uma tendência de queda dos indicadores e que a flexibilização pode estar próxima. " Temos uma tendência de queda.  Estamos descendo a montanha, provavelmente. A população tem que fazer mais um pouquinho de sacrifício e, em algumas semanas, em breve, podemos pensar na flexibilização", completou. 

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais