Carregando...

Cidades

Empresas terão que cumprir protocolo emergencial no transporte metropolitano

Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) firmou acordo com as concessionárias por causa da ampliação da onda roxa no estado

Por João Henrique do Vale

As concessionárias do transporte coletivo de metropolitano terão que cumprir uma série de medidas para atender a demanda dos passageiros. Um acordo foi firmado entre a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) e as empresas com o objetivo de fazer a readequação dos horários com a ampliação da onda roxa do estado. 

De acordo com a Seinfra, os pedidos de redução de horários por parte das concessionárias serão analisados em 48 horas. O mesmo prazo será dado às empresas para apresentar proposta de aumento de viagens, quando solicitado pela Secretaria. 

Se as empresas não apresentarem proposta para o aumento das viagens, a Seinfra vai determinar o quadro de horários a ser cumprido. A pasta ressalta que todas as análises de demanda serão realizadas com dados atualizados dos dias nteriores, tendo em vista a dinamicidade das alterações em virtude das decisões governamentais.

Reclamações 

Os usuários do transporte público também podem ajudar com as denúncias. As reclamações podem ser feitas na Ouvidoria-Geral do Estado (OGE-MG) por meio do telefone 162, dígito 9. O usuário poderá acompanhar o andamento por meio do protocolo gerado no atendimento. 

Além do telefone, os usuários continuam tendo à disposição os demais canais de atendimento, como o site da OGE e o aplicativo MG app.

Enquete

Carregando...

Colunistas

Carregando...

Podcasts

Carregando...

Saiba mais