98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Exclusivo: veja detalhes sobre os investimentos em Minas após acordo da Vale

Exclusivo: veja detalhes sobre os investimentos em Minas após acordo da Vale

O valor da negociação será de R$ 37,5 bilhões, se tornando o maior acordo de reparação da história da América Latina

Por Lucas Ragazzi - Cidades03/02/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Depois de quase seis meses de negociações entre o governo de Minas, Ministério Público Estadual e a Vale, o acordo de reparação coletiva por conta do crime cometido pela mineradora em janeiro de 2019, em Brumadinho, será assinado nesta quinta-feira (4). Ao todo, o valor da negociação será de R$ 37,5 bilhões, se tornando o maior acordo de reparação da história da América Latina, ficando atrás somente da negociação entre a petrolífera British Petroleum e o governo americano em 2017

A Rádio 98 apurou, com exclusividade, alguns pontos estabelecidos no acordo entre o Estado e a mineradora. Cerca de 40% dos investimentos gerados pela negociação serão realizados em Brumadinho, cidade em que a barragem I, da mina Corrégo do Feijão, estava localizada. Em janeiro de 2019, a estrutura se rompeu, matando 272 pessoas e gerando ainda incontáveis danos ao meio ambiente e à população local. 

Vale lembrar que o valor não leva em conta as ações individuais contra a mineradora. O acordo também não livra a Vale de responder criminalmente pela tragédia.

Auxílio às famílias

Entre os pontos acertados no acordo, está a continuidade do auxílio mensal às famílias dos atingidos pelos próximos quatro anos, tempo em que, segundo cálculo do Ministério Público mineiro, as obras de reparação estarão prontas, fazendo com que essa mesma população consiga emprego após o término do auxílio. 

Rodoanel e abastecimento

A construção do Rodoanel também está prevista com os recursos oriundos do acordo. Na avaliação do governo mineiro, a nova rodovia será decisiva no aquecimento da economia da Região Metropolitana de Belo Horizonte

Também estão previstas obras interligando o sistema de abastecimento de água da região metropolitana da capital, o que, segundo técnicos do governo mineiro, garantiria o abastecimento de Belo Horizonte "pelo menos até 2070"

Construção de hospitais

O acordo também prevê a construção de cinco hospitais regionais por Minas, além da reforma das estruturas dos hospitais João XXIII, Júlia Kubitschek e Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte

Cidades atingidas

Os municípios que margeam o rio Paraopeba também receberão benefícios oriundos do acordo. Com os recursos da Vale, será produzido um planejamento de saneamento básico para essas cidades, além da revitalização de todas as escolas públicas dessa mesma região.