98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Flexibilização e volta às aulas presenciais: BH pode ter novidades na segunda

Flexibilização e volta às aulas presenciais: BH pode ter novidades na segunda

Depois de reunir com o comitê de enfrentamento à covid-19 no fim desta semana, prefeito Alexandre Kalil vai falar sobre os próximos passos de BH na pandemia

Por João Henrique do Vale - Cidades16/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Moradores de Belo Horizonte terão que aguardar um pouco mais para saber os próximos passos da cidade em meio a pandemia de Covid-19. Depois de se reunir com o comitê de enfrentamento, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) convocou uma entrevista coletiva para o início da próxima semana. Além da possível flexibilização, a volta às aulas presenciais também será tema do pronunciamento. 

A flexibilização em BH já está permitida a partir deste sábado, quando a Grande BH passará da onda roxa para a onda vermelha do Minas Consciente. Vale lembrar que a capital não faz parte programa do Governo do Estado, mas a fase mais restritiva, que determinava até o toque de recolher, é impositiva. 

Porém, tudo indica que a decisão para a reabertura ou não do comércio só vai sair na próxima segunda-feira. O entrave ainda segue sendo a falta de medicamentos para intubação de pacientes. Além disso, a ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para o tratamento da doença voltou a subir. 

Volta às aulas

O secretário de saúde do município, Jackson Machado, já tinha indicado uma revisão da prefeitura com relação a volta às aulas presencias. Em audiência pública na Câmara Municipal, ele afirmou que o indicador utilizado pela administração municipal para o retorno das atividades, com 20 casos para cada 100 mil habitantes, era impossível a ser atingido. 

Por causa disso, afirmou que o Comitê modificou o indicador. "O comitê chegou à conclusão de que a gente tem que correr algum risco, não é possível ficar com as escolas fechadas. Nós sabemos do impacto psicossocial que o afastamento das escolas traz para as crianças", disse o secretário.