98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Hospital de Campanha em BH será aberto antes de 15 de julho, diz secretário do Governo

Hospital de Campanha em BH será aberto antes de 15 de julho, diz secretário do Governo

Data foi divulgada pelo secretário de Governo de Minas Gerais, Mateus Simões, em entrevista ao 98 News

Por Da Redação - Cidades03/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O Hospital de Campanha do Expominas será aberto antes do pico da pandemia da Covid-19, marcada para acontecer em 15 de julho segundo projeção de especialistas. A afirmação foi feita pelo secretário-geral do Governo de Minas Gerais,  Mateus Simões,  na noite desta sexta-feira,  em entrevista ao Programa 98 News

O hospital conta com 768 leitos, sendo 740 de enfermaria e 28 de estabilização. O custo total foi de R$ 5,3 milhões, sendo que 80% deste valor foi doado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Os leitos da unidade são para atender pacientes de baixa complexidade. Segundo Simões,  o hospital não foi aberto por ainda ter leitos disponíveis e evitar gastos.

“Apesar de estarmos com índices de ocupação das UTIs relativamente mais alto,  ainda temos uma disponibilidade grande de leitos clínicos de baixa complexidade para atendimento neste momento. Então,  abrir o Hospital de Campanha seria abrir uma estrutura provisória ao invés de usar as estruturas permanentes que,  obviamente,  por melhor que seja o Hospital de Campanha, hsopitais fixos de BH e região metropolitana têm estrutura melhor. A pandemia está evoluindo,  e nós sabíamos disso, e nos preparamos para isso, e o hospital estará aberto antes do pico para atender os pacientes caso necessário.  Abrir o hospital de campanha  sem que haja esgotamento dos hospitais comuns,  é gastar um dinheiro que não precisa ser gasto”, afirmou.