98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Justiça obriga homem a manter isolamento social em Minas; saiba o motivo

Justiça obriga homem a manter isolamento social em Minas; saiba o motivo

O pedido foi feito pelo Município de Itamarandiba, pois o morador com suspeita de Covid-19 não estava respeitando as orientações médicas e o isolamento

Por João Henrique do Vale - Cidades23/07/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Um morador de Itamarandiba, no Vale do Jequitinhonha, que está com suspeita de Covid-19, terá que cumprir medidas de isolamento e distanciamento social. A determinação é da Justiça, que acatou o pedido do próprio Município. Se descumprir a decisão, o homem pode pagar multa de R$ 200.

De acordo com o processo, Itamarandiba tem apenas quatro respiradores hospitalares e não tem estrutura para atender pacientes graves. Por causa disso, o município entrou com um pedido na Justiça para que um morador mantenha o isolamento social.

O Município afirmou que o homem procurou o hospital com sintomas da doença e deveria ficar em quarentena por 14 dias, conforme prescrição médica. Depois deste intervalo, deveria realizar exames.

O morador chegou a assinar um termo de declaração consentindo com o isolamento voluntário. Seis dias depois, ele ligou para o hospital relatando uma suposta melhora nos sintomas e o retorno ao trabalho no dia seguinte. O rapaz foi orientado da necessidade de cumprir a quarentena, mas técnicos da assistência social e integrantes da fiscalização municipal não o encontraram mais em sua residência.

Decisão

Em sua decisão, a juíza Juliana Lobato ressaltou que o “desrespeito às orientações médicas e a negativa de cumprir isolamento domiciliar demonstram o descaso com a situação da gravidade vivida pela população mundial, menosprezo pela vida humana e ausência de responsabilidade social”. A magistrada determinou que a Polícia Militar deve comunicar imediatamente à Justiça o descumprimento das medidas impostas ao morador.