98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Kalil anuncia reabertura do comércio na capital, incluindo bares e restaurantes

Kalil anuncia reabertura do comércio na capital, incluindo bares e restaurantes

Estabelecimentos, incluindo bares e restaurantes, poderão abrir, com exceção de domingo. Bebidas alcoólicas poderão ser vendidas apenas de 11h às 15h, mas bares podem ficar abertos até as 22h

Por Fernando Motta e João Henrique do Vale - Cidades29/01/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O prefeito Alexandre Kalil anunciou um novo padrão de reabertura em Belo Horizonte a partir de segunda-feira (1º). Todos os tipos de estabelecimentos, incluindo bares e restaurantes, poderão abrir, com exceção de domingo.

Bebidas alcoólicas poderão ser vendidas apenas de 11h às 15h, mas bares podem ficar abertos até as 22h. Lojas poderão funcionar de 9h às 20h. Academias também poderão retornar. Apenas os eventos continuam proibidos em Belo Horizonte.

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (29), prefeito detalhou que praças, clubes e orla da Lagoa da Pampulha estarão abertos aos domingos.

O prefeito disse os protocolos deverão continuar a ser cumpridos e que a partir de agora a fiscalização será mais rigorosa.

Volta às aulas

Kalil disse que havia uma programação para retorno presencial às aulas em fevereiro, mas o comitê reavaliou a situação para investigar a sucetibilidade de crianças à nova cepa do coronavírus. O prefeito estimou o novo prazo para março.

"Se tudo der certo, estamos prevendo uma possibilidade de retorno das atividades presenciais para algumas faixas em março. Principalmente crianças de 0 a 5 anos. Mas tudo depende do que vai acontece na cidade", disse a secretária de Educação, Angela Dalben.

Vacinas

Segundo o secretário de Saúde, Jackson Machado, chegaram hoje a Belo Horizonte 40.500 doses da vacina de Oxford/Astrazeneca e outras 16.800 da Coronavac.

Os próximos grupos vacinados devem ser:

  • Moradores e profissionais das Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs);
  • Trabalhadores da Atenção Primária em Saúde (Centros de Saúde), dos Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMs) e demais profissionais de saúde.