98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Kalil anuncia volta às aulas para crianças de 0 a 5 anos; comércio reabre na 5ª

Kalil anuncia volta às aulas para crianças de 0 a 5 anos; comércio reabre na 5ª

Escolas infantis, de 0 a 5 anos e 8 meses, têm retorno presencial autorizado a partir do dia 26 de abril. Nova fase do comércio em Belo Horizonte será parecida com a que vigorava na semana anterior ao último fechamento

Por Fernando Motta e João Henrique do Vale - Cidades19/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O prefeito Alexandre Kalil anunciou a reabertura do comércio a partir de quinta-feira (22) em Belo Horizonte. As novas medidas foram divulgadas em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira (19).

Essa nova fase em Belo Horizonte será parecida com a que vigorava na semana anterior ao último fechamento. A situação continuará sendo monitorada pela próxima quinzena para avaliar se há possibilidade de novas flexibilizações.

Bares e restaurantes

  • Funcionamento de bares e restaurantes: de segunda a sábado, de 11h às 16h, com venda de bebida alcoólica. Fechados aos domingos.
  • Retirada de alimentos por "takeaway" nos estabelecimentos poderá ser feita inclusive aos domingos.
  • Funcionamento por delivery está liberado, inclusive aos domingos.
  • Food trucks, ambulantes, carros de lanches devem seguir as mesmas regras de bares e restaurantes, com funcionamento das 11h às 16h, com permissão de consumo de bebida alcoólica.

Comércio não essencial

  • Funcionamento do comércio não essencial: de segunda a sábado, das 9h às 20h. Dentro de shoppings, funcionamento das 10h às 21h. Fechados aos domingos.

Escolas infantis

  • Escolas infantis, de 0 a 5 anos e 8 meses, têm retorno presencial autorizado a partir do dia 26 de abril em Belo Horizonte.

Academias

  • Academias poderão funcionar sem restrição de horários, para acomodar os alunos sem aglomeração.

Missas e cultos

  • Cultos e missas também poderão ser realizados a partir de quinta-feira (22) em Belo Horizonte.

Parque Municipal não reabre

O Parque Municipal não será reaberto por conta de um caso de um gambá que foi detectado com raiva. Por causa disso, cerca de 2 mil gatos que vivem nas dependências do parque estão sendo vacinados contra a doença.

Disciplina

Kalil pediu que a população tenha disciplina após a reabertura. "Achamos que chegamos em números que custaram muito a esse pobre povo do Brasil e que hoje temos um conforto de nos da este tipo de abertura na cidade de BH. Volto a dizer a população. Essa intermitência de abre e fecha não acaba se não houver disciplina", disse o prefeito.

O prefeito disse que queria a reabertura na quarta-feira passada, mas em reunião com o comitê, os especialistas pediram que fosse aguardada mais uma semana."Eu me rendi à ciência", disse.

Lockdown e Bolsonaro

Questionado sobre a possibilidade de conversar com Bolsonaro sobre um lockdown: "Sou prefeito de BH. Se o governador de São Paulo não consegue. Se o governador do Rio não consegue. Se o Bolsonaro não me recebe. Só se eu conversar com Bolsonaro através de fumaça", disse o prefeito.