98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. Minas Gerais vai receber novas cargas de medicamentos para intubar pacientes

Minas Gerais vai receber novas cargas de medicamentos para intubar pacientes

De acordo com o Secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, a chegada dos insumos foram importantes para a flexibilização em regiões de Minas

Por João Henrique do Vale - Cidades15/04/2021
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

Cargas de medicamentos usados para intubar pacientes e para o tratamento de casos graves de Covid-19 devem chegar a Minas Gerais até o fim de semana. A promessa foi feita pelo secretário de estado de Saúde, Fábio Baccheretti, em entrevista coletiva no início da tarde desta quinta-feira. Outras duas entregas por parte do Governo Federal estão previstas para as próximas semanas. 

A falta dos insumos já é realidade em algumas cidades mineiras. Por causa disso, o governo de Minas criou uma rede para que os medicamentos sejam transferidos de hospitais para outros. A escassez interfere, até, na decisão de prefeitos para a flexibilização, como acontece em Belo Horizonte. O secretário Fábio Baccheretti admitiu que leitos tiveram que ser fechados diante da situação. Mas, garantiu que nas próximas semanas o cenário deve ser modificado no estado. 

“Vamos receber uma grande remessa (de medicamentos) neste fim de semana vindos de Xangai. O Ministério da Saúde fez esta compra, que chegará hoje, em Guarulhos, e será distribuído. Temos também compras unilaterais do estado sendo entregues até o fim da semana. E na semana que vem sendo entregues mais 150 mil ampolas de sedativos de uma grande empresa brasileira”, afirmou. 

Caminhões do Governo de Minas já estão em São Paulo para fazer o transporte da carga que chega a Guarulhos. Outros medicamento vão chegar nos próximos dias por via aérea, pois terão que seguir, antes, para o almoxarifado do Ministério da Saúde. 

O secretário de saúde informou que a previsão de chegada desses medicamentos foi primordial para a decisão do Comitê Extraordinário Covid-19 para avançar 70% do estado da onda roxa para a onda vermelha do programa Minas Consciente