98 Live - Logo
  1. News
  2. Cidades
  3. MP e Polícia Civil combatem desvio de dinheiro do Bolsa Moradia em Contagem

MP e Polícia Civil combatem desvio de dinheiro do Bolsa Moradia em Contagem

Operação conjunta foi deflagrada na manhã desta quarta-feira

Por João Henrique do Vale - Cidades28/10/2020
  • whatsapp
  • facebook
  • twitter

O desvio de recursos públicos do programa Bolsa Moradia em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, está na mira do Ministério Público de Minas Gerais e da Polícia Civil. Uma operação foi desencadeada nesta quarta-feira. O prejuízo apurado é de R$ 4,1 milhões.

Relatório de auditoria da Controladoria-Geral do Município de Contagem, apontou o desvio dos recursos públicos que seriam destinados ao pagamento do benefício da Bolsa Moradia. Diante dos indícios, a  Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público da cidade instaurou procedimento investigatório criminal

As investigações apontaram indício que o diretor do programa e dois outros investigados desviaram valores das famílias beneficiadas. Além disso, as provas demonstraram a participação, direta ou indireta, de outros agentes políticos e públicos na execução dos crimes.

Na manhã desta quarta-feira, estão sendo cumpridos 31 mandados de busca e apreensão e quatro de prisão temporária, em Contagem, Belo Horizonte, Oliveira, Baldim, Jabuticatubas e Ribeirão das Neves. A operação é chamada de Aluga-se.

São alvos da operação um ex-diretor do programa Bolsa Moradia, um vereador, que é ex-secretário municipal de Contagem, um secretário municipal da Prefeitura de Contagem, além de outros agentes públicos e políticos, servidores públicos, pessoas e empresas.

Os investigados podem responder por associação criminosa, peculato, inserção de dados falsos em sistemas de informação e lavagem de dinheiro. As penas  variam de dois a 12 anos de prisão.